Já pensou em poder utilizar as informações e interesses do seu público para aperfeiçoar a venda de ingressos do seu evento? Então, temos uma ótima notícia: isso (e muito mais!) é possível com uma estratégia de automação de marketing para eventos!

Aprenda o que é e como funciona a automação de marketing, e veja como você pode utilizá-la para levar as suas produções a outro nível.

O que é automação de marketing

A automação de Marketing permite criar uma estratégia de vendas e de relacionamento com clientes – os chamados Leads – de forma totalmente personalizada e escalável. Assim, não importa se você possui 50 ou 500 contatos na base de e-mails da sua empresa: todos eles podem ter um tratamento individualizado e planejado de acordo com seus interesses e com a maneira como se relacionam com o seu negócio.

A automação pode ser aplicada em qualquer estratégia de e-mail marketing. Por isso, ela pode ser uma ótima ferramenta para qualquer negócio, inclusive para a produção de eventos!

O principal objetivo da automação de marketing é ajudar possíveis clientes a tomarem decisões de maneira inteligente e mais rápida. Para as empresas que utilizam essa estratégia de Marketing Digital, é possível agilizar a rotina de relacionamento com o público-alvo e entender de que maneira o produto ou serviço sendo vendido pode transformar a vida daquelas pessoas.

A importância da automação de marketing para eventos

O e-mail marketing costuma ser o principal canal de comunicação e relacionamento entre as empresas e seus clientes. As redes sociais podem ser grandes aliadas nesses quesitos, mas nada substitui o bom e velho contato por e-mail. E para que esse contato seja o mais estreito possível, é necessário demonstrar que a empresa se importa com quem está do outro lado recebendo aquela mensagem – mais do que endereços de e-mail, são pessoas com interesses, necessidades e dúvidas diferentes!

E é aí que a automação de marketing entra: além de facilitar a conexão entre as empresas e seus seguidores, ela oferece uma visão mais clara do comportamento deles e de como cada um chegou até o seu negócio. Quando aplicada ao mercado de eventos, é possível traçar estratégias de vendas e encantamento muito mais eficazes, de acordo com o que o público estará esperando da produção.

Algumas das principais vantagens da automação de marketing para eventos são:

  • Educação das pessoas (Leads) que ainda não decidiram entre participar ou não do evento;
  • Saber como cada uma se relaciona com o evento ou demonstra interesse em participar dele;
  • Comunicação personalizada para cada persona;
  • Maior volume e rapidez na venda de ingressos;
  • Mais produtividade para o organizador de eventos;
  • Informar sobre a virada de lotes e conceder descontos exclusivos para estimular a compra de ingressos.

Para obter uma base de contatos, a dica é adicionar formulários e campos de inscrição nos principais canais de comunicação do seu evento, como sites oficiais, blogs e principalmente na página de vendas do evento. Você pode solicitar informações estratégicas de acordo com o segmento do evento, como o nome da empresa em que trabalham, número de funcionários, setor de atuação, hábitos específicos e muito mais.

Dessa forma, se o seu público ainda está em dúvida sobre participar ou não do evento que você está planejando, o e-mail marketing é a ferramenta ideal para manter um relacionamento próximo e encantá-los, tudo de acordo com as informações coletadas! \o/

Além disso, você também pode oferecer diversos tipos de materiais ao público, como eBooks, blog posts, planilhas, infográficos e webinars – tudo relacionado ao tema abordado pelo evento e pela área de atuação do seu negócio.

#DicaSympla: Conhecendo o seu público com o formulário de inscrição

Etapas do funil de vendas

O funil de vendas é um modelo utilizado para demonstrar a jornada do cliente – no caso de eventos, desde o primeiro contato dele com a marca até a compra final dos ingressos. O funil pode ser dividido em três partes:

Topo do funil: É quando o cliente descobre a marca ou produto, chegando até o website (ou página do evento) pela primeira vez. Fase de aprendizado.

Meio do funil: Depois de já conhecer a marca, o cliente passar pela fase de reconhecimento de um problema ou necessidade. É quando ele passa a considerar o produto oferecido como solução.

Fundo do funil: É quando o cliente toma a decisão de compra (no caso, a aquisição de ingressos). Nessa etapa, é importante ressaltar os diferenciais e vantagens do produto (evento) para convencê-lo de que essa é a melhor escolha.

Funil de vendas e automação de marketing

Cada pessoa que entra em contato com a sua marca – e com o seu evento – se encontra em alguma parte do funil. Para que elas avancem na jornada e possam, de fato, realizar uma compra, é necessário guiá-los pelo funil!

O processo de condução dos clientes pelo funil de vendas pode ser feito por meio de algumas estratégias com o objetivo de educá-los. Dentre as principais delas, podemos citar a produção de materiais ricos – como eBook, vídeos e infográficos – que podem ser baixados depois do preenchimento de um formulário. É fundamental que esses materiais tenham conteúdo de qualidade e sejam relacionados ao evento de alguma maneira!

A partir dos dados coletados, é possível traçar um perfil de cada um e adicioná-los a fluxos de automação personalizados. Assim, você pode se comunicar tendo em vista as necessidades e objetivos de cada cliente do fluxo, pensando na melhor maneira de se aproximar para instigá-los a participar do seu evento.

Estratégias de automação de marketing

A sua lista de e-mails tem um valor imenso para a divulgação do seu evento – afinal, todas essas pessoas já possuem interesse na sua marca e na sua produção. Para utilizá-la de forma produtiva e focada nas conversões – ou seja, na venda de ingressos – é preciso planejar as ações com cuidado e antecedência! Aqui estão algumas ações de e-mail marketing que você pode colocar em prática para estimular o seu evento:

  • Envio de cupons de desconto exclusivos para quem adquirir ingressos a partir do e-mail enviado.
  • Produção de webinars com especialistas do mercado, abordando temas relacionados ao evento
  • Produção de eBooks e blog posts (Inbound Marketing), também relacionados ao evento e ao setor de atuação da sua empresa
  • Envio de newsletters com as principais novidades sobre o evento (e sobre o seu negócio!)
  • Envio de e-mails com depoimentos de quem já participou de outras edições do evento

Todas essas ações podem aproximar o público do momento de decisão da compra. Por isso, cada uma delas deve seguir uma lógica, de acordo com a data de realização do evento e, é claro, com o perfil e estágio de cada Lead no funil.