A pandemia causada pelo novo coronavírus impactou drasticamente as nossas vidas e nossos hábitos de consumo. Ainda estamos vivendo um período extremamente difícil, mas o início da vacinação no Brasil e no mundo nos encheu de esperança.

Ainda assim, ficar em casa nos proporciona diversos desafios, mas também aprendizados importantes. 

No mundo inteiro o consumo em casa e pela internet tornou-se algo ainda mais habitual e nossa capacidade de reinventar, gerar e consumir cursos online se tornou um dos principais legados dessa pandemia. 

Entre os setores com maior aumento de consumo online, o de Educação se destaca e é nele que vamos focar! 

Quer saber quais são esses novos hábitos de consumo e como isso pode impactar você produtor(a) de conteúdo? Fica aqui que vamos te contar tudo! 

O consumo online durante a pandemia

Em 2020, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), durante a quarentena o uso da internet no Brasil cresceu entre 40% e 50%

Os dados também mostram que o impacto do isolamento contribuiu para que 46% dos brasileiros fizessem mais compras online. 

No setor educacional, os números são ainda maiores. As buscas por educação online e software educacional cresceram 73% de acordo com dados internos do Google. 

De acordo com estudo realizado pelo SEMrush, “cursos gratuitos quarentena” foi um dos termos mais perguntados aos buscadores entre Fevereiro e Março (2020). 

Com isso, você consegue notar a importância de estar envolvido neste meio e todas as oportunidades que você encontra? As buscas não param, então não tem porque esperar mais para criar o seu curso online

Cursos online: a nova forma de consumir conteúdo

O aumento do interesse dos usuários brasileiros por “curso online” chamou a atenção no início da quarentena, mas a verdade é que esse termo continua em alta. Em janeiro de 2021 houve um crescimento de 36% na busca por “curso online”, quando comparamos a média dos últimos meses de 2020.

Isso só comprova a importância de não utilizar o começo do ano apenas para planejamento, mas para ações! E mais, ações que durem o ano todo. É preciso estar envolvido com o que está acontecendo no mercado e aproveitar todas as oportunidades de captar novos clientes. 

Outros termos relacionados a “curso online” tiveram um grande aumento de pesquisas nos últimos meses, foram eles:

termos-relacionados-a-curso-online

Os novos hábitos de consumo também impulsionaram o surgimento de novas pesquisas no Google:

novas-pesquisas-google-cursos-online

Diversas disciplinas de cursos são buscadas diariamente na internet. De acordo com o Google Trends, nos últimos meses, os termos abaixo tiveram uma alta ascensão de interesse por parte dos internautas:

disciplinas-de-cursos-buscadas-diariamente-na-internet

Além disso, diversos outros termos cresceram no volume de pesquisa em comparação ao período anterior a pandemia:

  • 126% “curso de música online”
  • 50% “curso de maquiagem online”
  • 52% “curso de violão online”
  • 140% “curso de culinária online”
  • 46% “curso de programação online”
  • 22% “curso ead”
  • 49% “cursos profissionalizantes”
  • 5800% “curso online para crianças”
  • 27% “curso de programação para crianças”

Por que esse é o melhor momento para criar um curso online?

A alta em pesquisas nos termos relacionados a cursos online só mostra o leque de oportunidades que o criador de conteúdo tem com essa mudança de comportamento. “Contra números não há argumentos”, não é mesmo? E é isso que podemos observar com as informações trazidas acima.

Muitos são os produtores que utilizam o início do ano apenas para planejar as ações dos próximos meses. Sabemos que este é o momento perfeito para fazer um planejamento incrível, seja ele semestral ou anual. Porém, vale ressaltar que este começo também pode ser uma ótima oportunidade para que você alcance mais pessoas!

#eBook com passo a passo para vender o seu curso online.

Qual a melhor plataforma para hospedar e vender cursos online?

O interesse e consumo por conteúdos online também gerou um aumento significativo de acessos às principais plataformas com conteúdos e-learning.

Na Sympla, somente no mês de janeiro, uma das nossas categorias de experiências online registrou aumento de +400% em visualizações de páginas e +500% de aumento no tempo médio de permanência na página se comparado ao mesmo período do ano anterior.   

dados-sobre-o-que-a-sympla-ja-realizou

Somos uma equipe de quase 400 profissionais trabalhando diariamente para melhorar a experiência dos nossos produtores e criadores de conteúdo. Com isso, não somente nós, mas todos poderemos levar alegria para o nosso público!

Levamos o conteúdo dos nossos produtores muito a sério e o que mais desejamos é que você entre para o nosso time de criadores de cursos no Sympla Play, que desejam agregar na vida das pessoas.

Só mais alguns dados para finalizar, a gente promete!

Os cursos livres caíram no gosto das pessoas e a tendência é que fiquem.  Isso porque é possível consumir o conteúdo onde e quando quiser, sem a preocupação de ter que se deslocar para um espaço físico e em um horário fechado.

De acordo com o Censo Digital EAD (2018), realizado pela Associação Brasileira de Educação à Distância, cerca de 9 milhões de estudantes optam pelo EAD (seja para níveis universitários ou cursos livres, corporativos ou não). Este número representa um crescimento de 17% quando comparado a 2017.

É possível observar também o crescimento de 25,4% entre cursos corporativos (treinamentos empresariais, por exemplo) e 36,8% dentre os que são sobre temas diversos.  

Mesmo que seja uma pesquisa que parece antiga, por estarmos em 2021, essas informações nos mostram a projeção de crescimento para este mercado que muitos encaram como “futuro”, mas que já é o presente. 

Por isso, não deixe a oportunidade de consolidar seu conteúdo na maior plataforma de eventos do Brasil passar: existe muita demanda para você criar o seu curso online na Sympla esperando por você desde já! 

CONFIRA O INFOGRÁFICO COMPLETO COM OS DADOS SOBRE PICO DE CURSOS ONLINE: 

Infografico-busca-pico-de-cursos-online