Foi-se o tempo em que a divulgação de eventos dependia de panfletos, outdoors e cartazes na rua. Essas ações ainda podem ser importantes para promover congressos, cursos, shows, festas e corridas com sucesso. Porém, um organizador de eventos não pode mais ignorar o potencial do marketing digital.

Imagine que você tem um bom orçamento para a produção do evento. Contrata as melhores atrações, escolhe o lugar ideal, atrai patrocinadores. Mas esquece de um “pequeno” detalhe: o público precisa saber que tudo isso estará lá esperando por ele!

Hoje, então, o melhor meio de encontrar esse público é na internet. É nos canais digitais — sites, blogs, redes sociais, buscadores, e-mails — que as pessoas se informam, interagem, trocam ideias. E é lá também que você deve estar para divulgar o seu evento.

Por onde começa a divulgação de eventos no marketing digital

Talvez você já esteja cheio de ideias para divulgar o seu evento no marketing digital. Já quer logo criar uma página no Facebook, enviar convites para todos os seus amigos, criar vários anúncios no Google… mas será que já é a hora certa de fazer tudo isso?

O planejamento da estratégia

Calma! Toda estratégia de marketing digital deve começar com um planejamento. Esse é o momento em que você olha para os seus objetivos e pensa como irá alcançá-los. Essa etapa envolve uma série de perguntas determinantes para o sucesso da divulgação:

  • Quais são os seus objetivos e metas ao divulgar o evento?
  • Quais são os indicadores de sucesso da sua campanha?
  • Quanto você pode investir na divulgação pela internet?
  • Qual é o perfil de público que você deseja alcançar?
  • Quais são os canais mais importantes para encontrar esse público?
  • Quais são os concorrentes do seu evento?

Defina tudo isso na etapa de planejamento, antes de sair publicando qualquer coisa. Isso evita uma série de possíveis erros, que só causam desperdício e prejudicam os resultados.

A criação da persona

Entre as perguntas acima, uma das mais importantes é sobre o público. Afinal, são essas pessoas que você deseja atrair para o evento. Então, a etapa de planejamento também deve contar com a criação de uma persona para a estratégia.

Persona é um personagem fictício, que representa o público ideal que você deseja alcançar. Ela traz uma descrição do perfil, interesses, comportamentos, dúvidas e desafios dessa pessoa com quem você vai se relacionar. Assim, fica mais fácil identificar a linguagem e os canais certos para se comunicar com ela.

Utilizando o Inbound Marketing para atrair o público

Sabia que nem toda a estratégia de divulgação de eventos precisa ser paga? Existem algumas maneiras de atrair o público organicamente, ou seja, sem precisar investir em mídia.

Em geral, elas fazem parte do Inbound Marketing, que tem a intenção de atrair o público e nutrir o relacionamento com ele até o momento da compra. Não por acaso, ele também é conhecido como Marketing de Atração. Vamos ver algumas estratégias que você pode adotar:

Blog e guest posts para atrair

Um dos pilares do Inbound Marketing é a produção de conteúdo. Com isso, você consegue despertar o interesse das pessoas e engajá-las com o seu evento.

O principal canal para a publicação dos conteúdos é o blog. Nele, você pode publicar sobre assuntos que cercam o seu evento, como as atrações, as últimas edições e dicas de como melhor aproveitá-lo. É importante que o leitor sempre consiga absorver algo de valor do seu conteúdo, então pense no que ele realmente gostaria de ler.

Se você tem parceiros, patrocinadores ou marcas próximas, também pode explorar os guest posts. Trata-se da publicação como autor convidado no blog desses parceiros, que podem ter públicos também interessados no seu evento. Assim, você potencializa a divulgação.

Blog posts e guest posts são mecanismos de SEO para gerar tráfego orgânico. Portanto, não deixe essas estratégias de lado, pois elas atraem o público sem precisar investir em mídia.

Materiais ricos para converter

Na lógica do Inbound Marketing, não basta atrair visitantes para o blog ou site — é preciso convertê-los. Afinal, tráfego é apenas tráfego, mas o que você quer são inscrições.

Então, você deve converter os visitantes em leads. Para isso, ofereça materiais ricos no seu blog. Em troca, peça que o visitante informe seus contatos em um formulário, para depois nutri-lo com e-mail marketing até que ele se inscreva ou compre o ingresso. Veja algumas ideias de materiais ricos:

  • Revista digital sobre temas que cercam o evento;
  • Webinar para anunciar as atrações;
  • Entrevistas com palestrantes.

E-mail marketing para nutrir

Quando você tem o contato do lead em mãos, pode nutrir o relacionamento com ele por e-mail marketing. Essa ferramenta serve para aumentar a confiança da pessoa e convencê-la naturalmente de que vale a pena ir ao seu evento.

Entenda que, lá no início, quando o visitante acessou o seu conteúdo, talvez ele nem soubesse ainda do seu evento. Ele não estava pronto para se inscrever ou comprar o ingresso. Então, o e-mail marketing serve para informar e educar o lead enquanto amadurece sua decisão. Assim, as chances de sucesso na abordagem de venda são maiores.

Veja algumas ideias de mensagens que você pode enviar:

  • Informações sobre as atrações confirmadas;
  • Benefícios de participar do seu evento;
  • Depoimentos de quem já participou;
  • Descontos exclusivos para a inscrição.

Campanhas de mídia paga para potencializar a divulgação

Se o Inbound Marketing é a estratégia para atrair os participantes, as campanhas de mídia paga servem para ir atrás deles. Esse tipo de estratégia também é chamada de Outbound Marketing.

Por meio da publicidade digital, você investe em anúncios para aumentar o alcance do seu evento. Mas por que você deveria pagar para divulgar o evento se já existem estratégias orgânicas para isso?

A principal vantagem da publicidade paga é a precisão na segmentação do público para potencializar as conversões. Todas as plataformas oferecem filtros de segmentação, com base em perfil, interesses e comportamentos. Assim, eles permitem otimizar os investimentos ao atingir exatamente quem você deseja e eliminar pessoas que não teriam qualquer interesse no evento.

Google Ads

Uma das principais plataformas de mídia paga é o Google Ads (antigo Google Adwords). Com ele, você cria anúncios de texto, chamados de links patrocinados, que aparecem nos resultados da busca do Google.

A grande vantagem é atingir os usuários exatamente quando eles estão pesquisando pela solução que você oferece. Isso acontece porque, na configuração da campanha, você define quais palavras-chave pesquisadas devem ativar os seus anúncios (como o nome da sua marca, do evento ou de alguma das atrações, por exemplo).

Mas o Google Ads também permite criar anúncios gráficos para publicar em outros sites e aplicativos (Rede de Display), o que torna sua campanha mais atrativa e abrangente.

Facebook Ads

A outra plataforma mais usada para criar anúncios na internet é o Facebook Ads. Com ela, você aumenta o número de pessoas que veem as suas publicações, já que o alcance orgânico na rede social é cada vez mais reduzido.

A grande vantagem dessa plataforma é o poder de segmentação, já que o Facebook detém um grande arsenal de dados sobre os usuários. Por exemplo, páginas curtidas, comentários, likes e grupos em que a pessoa está se transformam em filtros de segmentação para os anunciantes.

Mas se engana quem pensa que a plataforma funciona só para o Facebook. Nos posicionamentos dos anúncios, você também pode definir que quer exibi-los no Instagram, no Messenger e em sites parceiros, o que aumenta as possibilidades criativas e a abrangência da campanha.

Como os influenciadores ajudam na divulgação do evento

Uma das formas mais tradicionais de divulgar algum assunto é o boca a boca, certo? Assim se espalham as fofocas, mas também a reputação de uma marca, por exemplo. Isso se explica porque os consumidores dão muito mais ouvidos à opinião de outra pessoa do que aquilo que a própria marca diz sobre ela.

E se você pudesse usar o poder do boca a boca online para divulgar o seu evento? Para fazer isso, você precisa encontrar as pessoas que têm forte presença digital e são chaves para influenciar opiniões. Elas são chamadas hoje de influenciadores digitais.

Procure os influenciadores de maior relevância dentro do seu mercado. Para um jogo festivo, por exemplo, procure atletas relevantes da região. Para uma peça de teatro, o mais indicado seriam referências culturais do público. E se for o show de um artista teen, busque os ídolos dos adolescentes na internet.

Estabeleça, então, uma parceria para que eles falem do seu evento e divulguem o link de inscrições. Tenha certeza que o público seguidor desses influenciadores vai confiar nessa indicação, porque eles têm uma proximidade muito grande.

Porém, diferentemente das celebridades na publicidade, os influenciadores são autênticos em suas opiniões. É isso que dá tanta credibilidade junto aos seus seguidores. Então, a divulgação do seu evento deve ser natural, em posts que se alinhem com a linguagem do influenciador e demonstrem que ele realmente gostou do que você está promovendo.

Enfim, depois de aplicar todas essas dicas, não tire o olho dos indicadores de sucesso (KPIs) da sua estratégia. São eles que indicam se você está no caminho certo e se, ao final, chegou aonde queria.

Número de inscritos, vendas de ingressos, faturamento com a campanha, custo de aquisição de cada participante e retorno sobre investimento (ROI) são algumas das métricas mais importantes para acompanhar na sua estratégia.

Agora, então, aproveite para ir além da divulgação offline. O marketing digital cabe no orçamento de qualquer evento e traz muito mais retorno que as ações tradicionais, especialmente se você utilizar uma plataforma online para a venda de ingressos. Com as nossas dicas, seu evento vai ter muito mais participantes!


Este conteúdo foi escrito por Ana Hernandez, Coordenadora de Marketing de Conteúdo na Raccoon Digital Marketing.