As fotos são muito mais do que apenas um registro do evento. O produtor pode, por exemplo, usá-las para a produção de peças gráficas de divulgação, enviá-las para jornalistas, ou até incluir o material em seu portfólio. Muitas vezes, a fotografia de eventos é também uma oportunidade para que o organizador estreite laços com seu público.

Por isso, garantir que o profissional responsável entregue fotos de qualidade é uma preocupação comum no setor. Mas, afinal, como contratar o fotógrafo ideal?

Para responder a essa dúvida, este artigo reúne algumas dicas para ajudar o produtor de eventos a tomar a melhor decisão. Acompanhe!

Como escolher o profissional certo para a fotografia de eventos?

Independentemente de qual for a ocasião, a fotografia de eventos é essencial, já que serve tanto para os participantes relembrarem os acontecimentos, quanto para as marcas realizarem divulgações. É preciso, portanto, escolher um profissional que seja responsável, comprometido e que consiga captar os melhores ângulos e a energia da ocasião.

As fotos e os vídeos eternizam os momentos. Sendo assim, para fazer a melhor escolha, siga as recomendações abaixo:

Pesquise o portfólio do fotógrafo

Antes de contratar o fotógrafo ou empresa que fornece esse serviço, pesquise por seus trabalhos anteriores para ter certeza de que o profissional domina diversas áreas da fotografia, como retratos, paisagens e macro.

Cada evento tem suas características e particularidades. Portanto, um bom fotógrafo precisa ser capaz de registrar os momentos mais importantes do evento de acordo com o clima e o ambiente.

As fotos de uma balada, por exemplo, podem ser mais criativas e demonstrarem a energia dos participantes, enquanto uma ocasião corporativa demanda mais seriedade e um ar de profissionalismo.

Sendo assim, analisar o portfólio é essencial para perceber os diferentes estilos de imagens que o fotógrafo pode fazer.

Verifique se ele possui os equipamentos adequados

O olhar e habilidade do fotógrafo são a base para que ele tire boas fotografias em eventos. Entretanto, de nada adianta todo o conhecimento e capacidade do profissional, se ele não tiver disponível bons equipamentos, como câmeras, lentes e iluminação adequada.

Alguns dos materiais indispensáveis são:

  • lentes fotográficas para garantir a boa qualidade da imagem — que podem ser: grande angular, média (ou normal) e teleobjetiva. Há também outros tipos como a lente macro, tilt-shift, fisheye, entre outras;
  • tripés — para facilitar o ato de fotografar e manter a estabilidade da imagem;
  • flashes — principalmente para eventos à noite;
  • rebatedores — para manipular a luz e amenizar as áreas de muita sombra/ que estão menos iluminadas. Ou seja, com esse acessório o fotógrafo consegue direcionar a iluminação para onde preferir;
  • cartões de memória reservas — para o fotógrafo não correr riscos de ficar sem armazenamento suficiente;
  • bateria extra — também usada como prevenção;
  • entre outros.

Faça reunião de briefing

Após as etapas citadas acima, é fundamental fazer uma reunião de briefing com o profissional contratado para explicar qual o objetivo das imagens. Afinal, o fotógrafo precisa saber o que é importante destacar durante o evento. Especifique qual seria a abordagem mais interessante: uma linguagem mais publicitária, jornalística, artística, criativa, entre outras.

Também é importante incluir, no briefing, informações sobre os participantes caso o evento seja corporativo, com figuras públicas importantes, celebridades e demais pessoas de relevância. O fotógrafo precisa estar por dentro dessas informações para realizar seu trabalho.

As fotos valem mais do que mil palavras, não é mesmo? Então, elas precisam refletir muito bem tudo o que aconteceu, falar sobre a empresa organizadora, os participantes e todos os envolvidos.

Inclusive, se forem fotos de qualidade, elas podem — e devem — ser divulgadas em outros meios que ajudem a chamar a atenção das pessoas para os próximos eventos e atrair mais participantes.

Valor do serviço

O preço da fotografia em eventos é um ponto que gera muitas objeções em alguns contratantes, mas vale lembrar que, para ter um resultado satisfatório, é necessário investir. Por esse motivo é imprescindível incluir os custos com fotografia no início do planejamento e controle financeiro do evento, para garantir que exista recurso suficiente para isso.

Sendo assim, o organizador deve pesquisar com bastante antecedência o maior número possível de opções e fazer a escolha com base no orçamento da produção e na qualidade do profissional (ou da equipe de fotografia).

Um ponto de atenção é que basear a decisão somente no que for “mais barato” ou então colocar alguém despreparado para fotografar com smartphones, por exemplo — só para economizar — é um risco para o produtor do evento, pois as imagens podem não sair como o esperado e com baixa qualidade.

A relevância da fotografia em eventos

A sociedade vive um momento com o foco muito visual, portanto, além de servir como um registro dos acontecimentos, a fotografia em eventos é algo que pode ser usado para diversas divulgações em mídias digitais e tradicionais. Os produtores podem ganhar muito com isso, principalmente ao construir e fortalecer o relacionamento com o público.

Quanto mais profissional e organizado for todo o processo, mais positivo será o resultado para todas as partes.

Para saber se as pessoas aprovaram o resultado das fotos e de todo evento em si, você pode realizar também uma pesquisa de satisfação do seu evento com a Sympla!