A conversão de oportunidades em clientes é uma meta em qualquer segmento e, no de eventos, isso não é diferente. No universo digital, o CTA (sigla para call to action, em inglês; ou, em português, chamada para ação) pode ser utilizado como uma estratégia.

Afinal, um texto chamativo pode fazer com que os visitantes de uma página tomem uma ação desejada, como comprar um ingresso. De nada adianta atrair muitos visitantes para a página de vendas do evento ou curso, se ela não for capaz de instigar o público a concluir a compra.

Então, continue a leitura para entender como usar essa técnica e potencializar os resultados da sua produção!

O que é um CTA?

O CTA é uma chamada para ação. No Marketing Digital, essa estratégia é muito utilizada para transformar visitantes de um site em leads — consumidores que estão prontos para se tornarem clientes, também chamados de oportunidades de negócio.

Isso porque o call to action indica para a pessoa que está do outro lado da tela qual é o próximo passo a ser tomado, como se inscrever em um evento.

Para criar uma chamada para ação direta e forte para um evento ou curso, é muito importante contar com um excelente copywriting. Essa estratégia de escrita persuasiva está sempre atrelada a uma chamada para ação.

É importante ter em mente que todo o percurso do usuário, do interesse à compra, pode ser mensurado por meio da taxa de conversão. Assim como as vendas, essa é uma das métricas para eventos que é preciso validar ao longo da produção.

Para o CTA, a taxa de conversão é a porcentagem de pessoas que leram o texto e concluíram a ação desejada.

Em resumo, utilizando textos bem produzidos, é possível aumentar o tráfego, vendas e conversões. No entanto, o objetivo final do CTA sempre será propor uma ação.

Como usar o CTA no evento ou curso?

Para potencializar os resultados, o produtor precisa usar os CTAs em espaços estratégicos como mídias sociais, e-mail marketing, site e anúncios. Eles pode ser utilizado em pontos chave de cada comunicação, como:

Em botões

Aqui, basta se basear em chamadas clássicas do dia a dia como “baixe agora” ou “faça aqui sua inscrição”.

Em banners

São imagens muito usadas em redes sociais, blogs, etc. Normalmente, possuem um texto um pouco mais elaborado do que o botão. Ao organizar um simpósio sobre engenharia química, o copy do banner pode ser “fique por dentro das tendências do mercado da engenharia química! Participe do evento XXX!”

Em legendas

A chamada, nesse caso, aparece quase sempre no fim do texto, como forma de convidar o usuário a realizar a próxima ação.

Para tornar a compreensão mais fácil, imagine que o objetivo é vender mais bilhetes para um espetáculo e que, para ajudar a divulgar o evento, será utilizado publicação nas mídias digitais. Assim, a chamada no fim da legenda pode ser algo como “Adquira agora o seu ingresso!” ou “Compre já!”.

Já no caso de um curso, em que o foco são as inscrições, é possível trabalhar com chamadas como “Inscreva-se aqui!” ou “Faça sua matrícula e se torne um especialista em X assunto”.

Em textos de blog

No caso dos materiais de blogs os call to actions podem aparecer ao longo do artigo, mas é mais comum que estejam no final do texto. Assim, é possível direcionar o usuário para a próxima ação como baixar um portfólio do evento, se inscrever para receber a newsletter de um curso ou outra atitude desejada.

Como criar um CTA para evento ou curso?

Para criar um call to action eficiente, o organizador precisa conhecer o perfil do público e aplicar outras estratégias para aumentar ainda mais o interesse do usuário e instigar sua tomada de ação.

Uma delas é fazer uso de gatilhos mentais, que são “facilitadores instintivos” que o cérebro humano usa na hora da tomada de uma decisão, como forma de despertar a ação no usuário.

No caso de um CTA para pré-evento, pode ser usado o estímulo da escassez (para dar a sensação de exclusividade) e da urgência (para criar a sensação de que a experiência é limitada), por exemplo.

Existem muitos outros que podem ser explorados, como de novidade, prova social, autoridade, etc. E, para fazer a divulgação, a venda dos ingressos e inscrições, é importante contar com uma plataforma segura como a Sympla, que colabora para o acompanhamento da comercialização de bilhetes e com a gestão completa da produção.

CTA = mais pessoas no seu evento ou curso!

Após a leitura deste texto, o produtor entende de que forma é possível criar chamadas para ação em diferentes espaços estratégicos como botões, legendas, banners, etc. Além disso, compreende que é importante utilizar gatilhos mentais para despertar ainda mais o interesse do público-alvo.

Ao fazer uso do CTA para eventos de forma estratégica, é certo que a taxa de conversão e outras métricas importantes para a produção terão resultados cada vez melhores! A Sympla é líder na gestão de eventos no país e está aqui para ajudar o produtor em todas as fases do projeto, da pré à pós-realização.

Por isso aproveite para conferir outras dicas que, assim como as chamadas para ação, podem ajudar a aumentar as vendas nos eventos!