Em tempos de isolamento social, a maioria dos produtores passou a considerar a possibilidade de realizar seu próximo evento online. Alguns já saíram na frente, produzindo verdadeiros festivais para assistir em casa – como o Fico em Casa Br – ou uma série de lives via redes sociais. 

Produzir um evento online, no entanto, requer cuidados especiais, especialmente quando comparado a um evento presencial. Detalhes como a quantidade de luz, a qualidade de captação de áudio e como está organizado o espaço da sua gravação devem ser levados em consideração.

Mais uma vez, planejamento é tudo. Pensando nisso, compartilhamos com você algumas dicas de como criar um roteiro para o seu próximo evento online:

O que levar em consideração antes de fazer seu evento online

Onde você fará o seu evento? Qual ferramenta de transmissão (streaming) você pretende usar? Que horas será o seu evento?

Acredite: tudo isso (e muito mais) influencia diretamente em fatores como iluminação e, eventualmente, em ruídos no fundo da sua gravação. Você não precisa ser o Gusttavo Lima, que quebrou até os recordes Beyoncé em seu último evento online, para fazer bonito. 

Confira algumas perguntas que vão te ajudar a reduzir consideravelmente as chances de problemas inesperados em seu próximo evento online:

  • Qual a qualidade técnica da minha transmissão? Meu evento será transmitido de um lugar com boa conexão de WiFi? 
  • Por onde farei essa transmissão: celular, notebook ou equipamento profissional? 
  • Consigo deixar tudo pronto e preparado sozinho? Quem preciso chamar para me ajudar a fazer essa transmissão? Ponto importante: em tempos de distanciamento social, não é legal montar uma mega produção envolvendo um grande, ou mesmo pequeno, grupo de profissionais. Então, qual é o mínimo de pessoas necessárias para fazer o seu evento online acontecer? (um editor de vídeo, por exemplo, pode te ajudar numa etapa posterior do trabalho, trabalhando da própria casa). 
  • Como posso me assegurar que a transmissão não vai ficar instável ou caindo toda hora? 
  • Quais são as características técnicas da ferramenta de transmissão que melhor se encaixam no que eu preciso?
  • Quantos participantes podem entrar ao mesmo tempo? Como eles podem interagem com o meu evento? 
  • Quanto tempo consigo manter minha transmissão no ar?
  • Como as pessoas ficarão sabendo do meu evento? 
  • Como elas vão acessar o link para participar do meu evento online?
  • O evento será gravado? Se sim, onde ele ficará hospedado depois? Como posso disponibilizar o conteúdo para quem não participou do meu evento?

Outras perguntas e dúvidas vão surgir no meio do caminho. O importante é você começar por algum lugar. O checklist acima já traz alguns pontos para você considerar.

E como criar um roteiro para evento online?

Divulgação e questões técnicas resolvidas, evento criado na Sympla e já têm uma galera se programando para participar do seu evento online.

Chegou o grande dia! Como montar um roteiro para sua produção acontecer dentro da “normalidade”? Como sabemos, podem acontecer eventualidades. Ou seja, espere o inesperado, aprenda com os erros e prepare-se para o próximo. 

Uma coisa que você, enquanto produtor de eventos  – online ou não – nunca vai ter é rotina. Portanto, não deixe de considerar:

1. Iluminação do ambiente

Ela faz toda a diferença. Por isso, invista em um bom jogo de luzes. Se você não puder investir nisso, evite usar uma janela iluminada pelo sol do meio dia como fundo para a sua transmissão. É bem simples: a luz deve estar orientada para o rosto (ou o corpo) de quem vai ser a estrela do seu evento online. Se for você mesmo, nada de luz nas costas, ok?

2. Áudio da transmissão

Outro fator que determina rapidamente se as pessoas ficam um minuto ou uma hora em seu evento online é a qualidade do áudio. Você deve procurar um lugar silencioso, o máximo possível. Já participamos de gravações online em que o avião que passava no céu atrapalhava a captação de áudio do microfone que estava sendo usado. Isso também vale para os bichinhos de estimação: ou os pets fazem parte do seu evento, ou melhor deixá-los do lado de fora.

3. Possíveis interrupções

Onde quer que esteja, deixe todo mundo avisado de que está acontecendo um evento online. Se houver crianças por perto, tenha o dobro de atenção. Por algum motivo, elas são estranhamente atraídas pelas câmeras e a falta de atenção justo naquele momento.

4. Pense no cenário

O que está aparecendo na câmera? Como será o fundo do seu evento online? Tudo comunica e tudo distrai. Quanto menos elementos no fundo, melhor. 

5. Planeje o início e o meio

Como será o início do seu evento? Quais recados você tem que passar para o público? Vale explicar como será o evento, quanto tempo terá de duração e como fazer para as pessoas participarem. Também vale repetir essa informação de tempos em tempos. Afinal, pode ser que – como em um evento presencial – pessoas diferentes entrem e saiam a cada intervalo de tempo.

Um evento online, por natureza, também possui mais distrações que um evento presencial. Família, crianças, cheiro de comida, outras abas do seu navegador de internet abertas, grupos de Whatsapp. Portanto, leve em consideração tudo isso na hora de montar o seu roteiro. 

6. Encerre em grande estilo

Já escrevemos um bocado aqui no blog da Sympla sobre experiências em eventos, e uma das lições mais importantes é: deixe o melhor para o final. As pessoas tendem a lembrar das últimas experiências (ou das mais marcantes). É por isso que os finais de filmes que são surpreendentes acabam sendo os nossos favoritos (mesmo que o meio e o início deles sejam ruins). Ou porque os parques temáticos da Disney – ou o final do Palco Mundo no Rock in Rio – são encerrados com um show de fogos de artifícios.

O recado é simples: encerre seu evento online com alguma entrega de conteúdo ou experiência que vai fazer as pessoas se sentirem especiais e energizadas. Esse é um dos motivos pelos quais o “bis” ao fim de um show também é tão importante.

Gostou das dicas para fazer o roteiro de um evento online? Enquanto seu evento online não chega, vale a pena complementar a leitura desse artigo com esse outro que ensina boas dicas para fazer um curso online. Aproveite também para criar o seu próximo evento online na Sympla.

Até a próxima!