Comemorado em junho, o São João é apreciado em todo o país, principalmente na região Nordeste do Brasil, onde os festejos se concentram. Trata-se de um momento de aquecimento da economia, celebração e diversão, e, portanto, não pode faltar nos eventos uma boa trilha de música de festa junina.

As produções da época atraem um bom número de turistas a cada ano, podendo ser arrastada até o mês de julho em alguns estados. Na Bahia, por exemplo, mais de 300 municípios se mobilizam para os festejos de Santo Antônio, que chegam a movimentar mais de R$ 200 milhões.

Continue a leitura do artigo para saber mais sobre a origem dessa festa e como montar uma playlist impecável para um evento junino, garantindo o sucesso da produção!

O que é o São João e quando ele é comemorado?

Repleto de tradições, brincadeiras, canções e comidas características, o São João é uma das principais festas típicas brasileiras.

O ciclo das festas juninas começa em meados do mês de junho, quando são celebrados quatro santos bastante conhecidos pelos brasileiros:

  • Santo Antônio, no dia 13;
  • São João, no dia 24;
  • São Pedro e São Paulo, no dia 29.

A história desse festejo começa nos países europeus católicos, quando a celebração ainda era chamada de “joanina”. Após ser trazida pelos portugueses para o Brasil, ganhou o nome de “festa junina”.

Também foram incorporados alguns costumes locais, a exemplo da presença de alimentos muito consumidos no período, como aipim, milho, jenipapo, além de cantos e danças, como forró e boi-bumbá.

Qual a importância das músicas na festa junina?

O São João é muito conhecido por seus pratos típicos, como paçoca, rapadura, bolos de milho e aipim. Porém, outro atrativo importante dos festejos da época são as músicas.

Por isso, os organizadores de eventos devem ter atenção especial às atrações que serão anunciadas em suas produções e para a trilha sonora da festa. Afinal, são esses elementos responsáveis por criar o clima da festa. A música será o pano de fundo das brincadeiras típicas e, é claro, do arrasta-pé!

Ao definir a banda que vai tocar na produção, não podem faltar alguns instrumentos tradicionais, como:

  • viola;
  • triângulo;
  • sanfona;
  • zabumba;
  • e pandeiro.

Na hora de organizar a playlist, o produtor também precisa ter em mente os principais ritmos encontrados na música de festa junina. Além do forró, há destaque para o xaxado, baião, xote, samba-de-coco e quadrilha.

A seguir veja algumas dicas de como acertar na playlist de São João!

O que não pode faltar na playlist de música de festa junina?

É bastante importante que o organizador saiba definir uma trilha de música de festa junina que seja envolvente e esteja de acordo com o estilo da produção.

Para agradar o gosto dos participantes, o produtor deve ter atenção especial a alguns aspectos da festa, como:

  • onde ela vai acontecer;
  • qual a proposta do evento;
  • quais são as preferências do público da região em que ela será realizada;
  • músicas de festa junina clássicas que sempre tocam;
  • artistas mais esperados pelo público;
  • ritmos mais consagrados do período;
  • entre outros.

Veja algumas canções que não podem faltar na playlist da festa!

O xote das meninas

Música de festa junina clássica que não pode ficar de fora da playlist é “O xote das meninas”. A canção é uma das mais populares de Luiz Gonzaga, sanfoneiro, cantor e compositor, que recebeu o título de Rei do Baião.

Ela já foi regravada por outros grandes artistas, como Dominguinhos, Alceu Valença, Marisa Monte e Gilberto Gil.

Isso aqui tá bom demais

A música “Isso aqui tá bom demais” é outra tradicional opção de festa junina. A canção foi composta por Dominguinhos e Correia Fernando Manoel e, com certeza, vai animar a festa com a sua sanfona marcante e ritmo frenético.

Festa do interior

Na voz de Gal Costa, cantora e compositora brasileira, “Festa do interior” é um grande clássico das playlists de música de festa junina no Brasil.

Pula a fogueira

A canção “Pula a fogueira” é quase obrigatória do São João. Ela foi composta por Oswaldo Menezes dos Santos e João Fernandes da Silva Filho e é bastante conhecida na versão do Rei da Voz, o cantor e radialista Francisco Alves.

Outra versão que agrada muito o público é a da banda de forró de Fortaleza Mastruz com Leite, que conquistou seu auge nos anos 1990 com diversos discos de platina e diamante.

Continue no blog da Sympla e veja mais dicas para criar uma festa junina perfeita!

Não há dúvidas de que a música é um elemento fundamental das festas juninas, não importa qual o tipo de evento. Podem ser:

  • infantis;
  • corporativos;
  • concurso ou festival de quadrilha;
  • festival de música completo — a exemplo do Arraiá do Galinho, maior evento junino da Bahia;
  • festa de rua — como o tradicional São João de Campina Grande e o Bumba-meu-boi de São Luís;
  • entre outros.

Mas, claro, que o sucesso de uma produção depende de um conjunto de fatores, desde decoração e atrações até questões de planejamento. Aproveite e veja algumas dicas de como organizar uma festa junina perfeita!