Hoje, já se entende que o consumidor não deve ser tratado de forma passiva. Ele espera ser fascinado, e a interatividade em eventos tem sido um recurso muito eficiente para promover esse encantamento no público.

Um dos efeitos diretos dessa estratégia é a promoção de engajamento, já que ela depende da participação ativa das pessoas. Consequentemente, o projeto também pode ganhar visibilidade, pois aproxima os participantes dos organizadores do evento.

É possível oferecer experiências incríveis de interação em eventos para todos os segmentos e formatos — presenciais, híbridos ou online.

Entenda mais sobre essa estratégia, suas vantagens e ainda veja cinco tendências tecnológicas para promovê-la nas suas produções!

O que é interatividade em eventos?

A interatividade nos eventos é uma forma de incentivar a participação/engajamento das pessoas. Ela pode ser promovida, por exemplo, por meio de votações, sorteios, jogos, competições, demonstrações de produtos, entre outros.

Ela deve ser encarada como uma estratégia para atrair e reter a atenção do público. Planejar atividades interativas é uma boa forma de tornar a experiência da produção leve e divertida aos participantes.

Quais as vantagens de investir em recursos de interatividade em eventos?

Apostar na interatividade em eventos é uma boa opção para quem deseja ganhar destaque nas produções.

Algumas das principais vantagens de fazer uso dessa estratégia são:

  • ampliar a visibilidade do evento;
  • promover a criação de memórias nos participantes;
  • estimular o engajamento;
  • gerar aproximação com o público.

Mas, para que ela provoque o efeito desejado, é preciso chamar a atenção dos participantes e motivá-los para que se tornem mais do que espectadores.

Para isso, o produtor deve se atentar a algumas etapas importantes da execução do evento, como:

  • planejamento estratégico do evento;
  • investimento em inovação e criatividade;
  • conscientização do público;
  • disponibilização de espaço físico ou digital;
  • fazer uso da tecnologia para obter os resultados necessários.

Veja 5 tendências tecnológicas para produzir eventos interativos

O uso de tecnologias pode contribuir em muitas frentes de uma produção, seja para facilitar a organização, auxiliar nas estratégias de divulgação ou para oferecer experiências únicas aos participantes.

A seguir, veja alguns recursos tecnológicos que têm sido bastante utilizados para promover a interatividade em eventos.

1. Jogos e quiz

Os jogos são ótimas ferramentas para reter a atenção das pessoas, além de agradar um público amplo. Segundo uma pesquisa realizada pela NPD Group, cerca de 82% da população brasileira entre 13 e 59 anos é consumidora de games.

Nos eventos, pode ser interessante fazer uso da realidade virtual e aumentada, tecnologias mais recentes que têm despertado a curiosidade e o interesse do público.

Em lançamentos de produtos, por exemplo, pode ser proposto ao público uma espécie de “caça ao tesouro” utilizando realidade virtual, presenteando aqueles que encontrarem o objeto perdido.

Já os quizzes são um modelo de jogo de questionário temático em que as pessoas respondem algumas perguntas e obtêm um resultado equivalente às suas respostas.

Assim, o usuário consegue descobrir algo curioso da sua personalidade ou do seu conhecimento sobre um determinado assunto.

Em um evento de música, por exemplo, os participantes podem descobrir com qual artista de uma banda mais se parecem.

Para colocar em prática o uso de jogos e quizzes nos eventos, podem ser usados alguns equipamentos técnicos, como tablets, totens digitais ou ainda aplicativos específicos.

Mas vale ressaltar que de nada adianta investir nessas tecnologias se a participação do público não for incentivada.

2. Projeção mapeada

A projeção mapeada é uma técnica utilizada para projetar imagens e vídeos em uma estrutura tridimensional.

Uma vantagem é que ela pode ser aplicada em qualquer material, em paredes e até em objetos de plástico, tendo a capacidade de se adaptar ao formato dos espaços.

Esse é um excelente recurso para promover a interatividade em eventos, especialmente em mostras técnicas, festivais e outras produções ligadas à arte e inovação.

É uma ótima ferramenta para proporcionar experiências imersivas aos participantes. Ela pode ser combinada a gestos, movimentos, temperaturas e favorecer ilusões de ótica.

3. Totens interativos

Devido ao formato, os totens interativos com tela de toque são recursos de fácil identificação à distância e que funcionam como um mecanismo de atração de pessoas.

A sua estrutura pode ser customizada de acordo com os objetivos do evento. A tecnologia pode receber apresentações de conteúdo multimídia com diferentes níveis de complexidade, incluindo imagens, vídeos e áudio, além da exploração de dados em tempo real.

A utilização dessa ferramenta é bastante ampla. É possível fornecer informações do evento, criar um mural virtual para que os participantes possam deixar um registro de participação com canetas digitais, promover votações das melhores apresentações do dia e até uma roleta de brindes online, entre outras possibilidades.

4. Aplicativos exclusivos

Investir na criação de um aplicativo exclusivo do evento permite oferecer ao público praticidade, já que nele será possível reunir todas as informações da sua produção de forma simples e acessível.

E para garantir a interatividade, não precisa se limitar a fornecer informações sobre as atrações e programação do evento. É possível ir muito além, oferecendo espaços de compra, jogos, comentários, agenda do participante, notificações e muito mais.

Você pode, por exemplo, criar um mapa interativo com a indicação de todas as atividades do dia.

5. Drones

O drone é uma espécie de veículo aéreo não tripulado, que é pilotado de forma remota. Essa tecnologia voadora tem sido muito adotada para fazer a captação de imagens aéreas em eventos esportivos, shows e outras festividades.

Ele pode ser aliado a outras tecnologias para brincar com o público. Em shows, por exemplo, você pode usá-lo em conjunto com telões para exibir imagens em tempo real dos participantes de vários ângulos.

Mas a sua utilização pode ir além de fotos e filmagens. É possível fazê-los voar com faixas, banners e outros elementos, realizar projeções de luzes LED, criar uma “chuva de brindes” sobre o público etc.

Coloque em prática o que você aprendeu sobre tecnologias interativas em eventos

Diante dessas informações, é possível entender que a tecnologia pode ser uma grande aliada na produção de eventos interativos. Afinal, o sucesso dessa estratégia depende da inclusão e envolvimento das pessoas.

Porém, antes de escolher em quais opções irá investir, lembre-se de refletir sobre como se dará essa correspondência com o seu público. Para apostar nas melhores formas de promover o engajamento do projeto, o produtor deve pensar sobre:

  • quem serão os participantes;
  • em qual faixa etária estão incluídos;
  • quais são seus hobbies;
  • o que os motiva a se inscrever.

Será mais fácil decidir quais tecnologias utilizar e como usá-las para promover a interatividade tendo conhecimento de quem você deseja atingir.

Além disso, nesse sentido, é importante considerar questões como acessibilidade na proposta do evento. Aproveite e leia sobre como garantir a realização de eventos acessíveis e torne sua produção interativa para todos.