Eventos de música não são apenas uma oportunidade de curtir um bom som ou de assistir de perto aquele artista que tanto gosta, é também uma chance de ser criativo e posar com os melhores looks para shows.

Não é à toa que já se fala em coleções de festivais. Grandes produções, como o internacional Coachella, mais do que espaços de boa música, se tornaram eventos prestigiados por famosos para posar com seus visuais.

Também quer se destacar nas festas? Veja a seguir qual o estilo ideal para cada gênero musical!

Como escolher looks para shows de acordo com o gênero musical?

Pode parecer algo novo, mas a relação entre música e moda é antiga. Além da diversão, ao longo do tempo, eventos do gênero têm servido como espaços de afirmação de identidade e das mais diversas tribos, o que acaba se transpondo no jeito de se vestir.

Quando o rock’n’roll emergiu em 1950, por exemplo, surgiu também um visual que simbolizava a liberdade e quebra de padrões sociais. Não levou muito tempo para o ritmo ganhar o coração e as roupas do público.

Os looks para shows dos grandes astros passaram a influenciar o gosto dos fãs. Um grande exemplo de inspiração foi o cantor Elvis Presley, o rei do rock, cujo visual foi bastante marcado pelo uso de ternos, jaquetas, sapatos estilo loafer, conjuntos de gola alta com strass e, claro, o seu inconfundível topete.

Outra boa demonstração de tendências fashion ligadas ao mundo da música é a febre das saias rodadas dos anos 60, que faziam menção ao Twist & Shout, dos Beatles.

Mas não é só o rock que inspira a moda ao longo da história. Hoje, eventos dos mais diversos gêneros se tornaram um convite para soltar a criatividade e arrasar com looks incríveis para shows.

Veja alguns exemplos para começar a exercitar a criatividade e brincar com as peças!

Rock

Como já mencionado, o Rock é um estilo musical que exerceu bastante influência na moda. O gênero é dividido em várias vertentes e cada uma delas traz uma proposta diferente também para o jeito de se vestir.

Em 1960, por exemplo, quando o mundo se recuperava aos poucos da Segunda Guerra Mundial, reinou o desejo por liberdade, lutas por direitos políticos e a quebra de padrões. Seguindo essa linha, os astros do rock apostaram em um visual mais rebelde e agressivo.

Algumas das peças que marcaram o período e que são boas apostas até hoje são:

  • jaqueta motorcycle;
  • jeans;
  • botas chelsea;
  • terninhos justos;
  • minissaia.

Para quem curte um estilo mais alternativo, pode se inspirar nos looks para shows de artistas como Janis Joplin e Jimi Hendrix, que trouxeram o hippie para a cena fashion em 1970, com peças marcadas por:

  • estampas psicodélicas;
  • tecidos mais fluidos;
  • lenços;
  • chapéus;
  • e muitos acessórios.

Esses elementos ainda são muito presentes em festivais como o Coachella e são excelentes opções para criar combinações de arrasar!

Sertanejo

A música sertaneja é uma das mais apreciadas no Brasil. O ritmo nasceu no interior de São Paulo na década de 1920, quando ainda era chamada de caipira. De lá para cá, o gênero sofreu várias mudanças e movimenta um grande público em shows e festivais.

Uma pesquisa realizada pela Kantar Ibope Media, em parceria com a Crowley, empresa especializada em monitoramento eletrônico de broadcast de áudio, revelou que, em 2020, o estilo liderou o volume de execuções em rádios nacionais.

No Spotify, 48 das 100 músicas mais tocadas no Brasil na semana de 24 de agosto do mesmo ano foram sertanejas.

A legião de fãs do ritmo não se destaca apenas pelo volume, mas também por um jeito próprio de se vestir, marcado pelo uso de algumas peças características, como:

  • camisa xadrez;
  • botinas/botas curtas ou de cano longo;
  • chapéu de caubói;
  • bolsa, calçados e jaquetas com franjas.

Com essas peças coringa não tem erro, dá para combinar com outros elementos mais modernos, como jeans e calças de couro, e montar excelentes looks para shows sertanejos.

Brasilidades

Gêneros musicais tipicamente brasileiros também inspiram um estilo próprio, tais como:

  • pagode;
  • samba;
  • MPB;
  • axé;
  • brega;
  • maracatu.

A formação da moda brasileira está muito relacionada ao período colonial, quando muitos imigrantes começaram a vida no país, trazendo costumes e tradições. Assim, a forma a população se vestir tem forte influência dos povos africano, europeu e nativos indígenas.

Na hora de compor looks para shows desses estilos, a melhor dica é apostar em elementos que exteriorizam toda a mistura, tropicalidade e potencial criativo da nação, a exemplo de:

  • sobreposições;
  • combinação de diversas cores;
  • estampas;
  • entre outros.

Além disso, é sempre importante prestar atenção na proposta dos gêneros musicais, que são mais dançantes e merecem roupas mais confortáveis, alegres e frescas.

Em eventos de pagode e samba, por exemplo, vale apostar em:

  • jeans branco;
  • estampas florais;
  • comprimento curto;
  • vestidinhos;
  • tshirts;
  • brilho;
  • rasteirinhas;
  • salto alto — para quem quiser performar como uma rainha de escola de samba.

Também vale lembrar que alguns eventos, como o Carnaval, reúnem diversos dos estilos musicais listados e, portanto, abrem espaço para looks mais ousados.

Para o momento de folia mais aguardado do ano a regra é não ter regra. Dá para trabalhar com:

  • transparência;
  • muito brilho;
  • lantejoulas;
  • peças coloridas;
  • fantasias diversas;
  • tênis — para proporcionar mais conforto nas festas de rua;
  • entre outros.

Dicas extras da Sympla para montar looks para shows de arrasar!

Já deu para perceber como a moda anda de mãos dadas com a música. Conhecendo um pouco da proposta de cada gênero é possível estar sempre bem vestido e ainda fazer um bom registro do look do dia.

Além de ser uma forma de se destacar e se sentir belo, a roupa é um aspecto prático importante na hora de curtir o show. Afinal, a escolha errada pode deixar o participante desconfortável e atrapalhar a diversão.

Em eventos assim, as pessoas passam muito tempo em pé e podem querer pular e dançar, por isso, algumas dicas extras são:

  • avalie o local da festa — usar salto alto em chão de barro ou com grama, por exemplo, pode estragar o calçado e dificultar a locomoção;
  • previsão do tempo — é importante verificar se há chances de chover e se o espaço é coberto para se certificar de que o look escolhido vai oferecer a proteção ideal. Ou se estiver fazendo muito sol, optar por peças mais frescas;
  • conforto — independente do que for vestir, é sempre importante se sentir bem. Roupas e calçados muito apertados podem atrapalhar a curtição e causar machucados, por exemplo.

Essas foram apenas sugestões e referências para olhar de um outro jeito para as peças do armário. Mas vale pontuar que, quando o assunto é roupa, não existem regras! O importante é expressar a sua identidade e brincar com as possibilidades.

Agora que você está 100% preparado para escolher looks para shows de arrasar, aproveite e confira as festas que estão em alta no site da Sympla!