Um bom produtor sabe que seu evento ou conteúdo deve girar em torno dos interesses da sua persona. Mas, como ficar por dentro das informações que o público está acessando e suas tendências de consumo? A resposta pode ser o Google Trends.

Essa ferramenta permite descobrir o que as pessoas estão pesquisando na página do Google, buscador mais popular do mundo. Esses dados apontam para os interesses e hábitos da população, e devem ser usados a favor do produtor de evento ou conteúdo.

Decisões como o nome do produto, o tema e a comunicação a ser empregada, devem ser estratégicas e muito bem planejadas. Por isso, não vale usar achismos, mas sim análise.

Para entender melhor o que é o Google Trends, como funciona e como usá-lo nas suas produções, continue a leitura!

O que é Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta gratuita do Google, lançada em 2006, que compila os interesses da população, com base nas pesquisas realizadas na própria plataforma.

Para acessar, não é necessário ter cadastro, basta abrir a página do trends e começar a análise. Nela, é possível explorar o banco de dados do Google de diferentes perspectivas. Alguns possíveis vieses são:

  • evolução do volume de buscas de um determinado termo ao longo do tempo;
  • sazonalidade de um tema específico;
  • comparação do interesse sobre dois ou mais termos ou assuntos;
  • pesquisas em alta dentro de uma categoria, localização ou período de tempo;
  • assuntos que estavam em alta no Google a cada ano.

Como funciona o Google Trends

Essa ferramenta reúne, organiza e categoriza os dados de pesquisas realizadas no Google e YouTube no mundo todo. São deixadas de lado informações pessoais, dados pouco pesquisados e as buscas iguais feitas por uma mesma pessoa em um curto espaço de tempo.

Ao pesquisar uma palavra na caixa de busca do Google Trends, é apresentado um gráfico com o título “Interesse ao longo do tempo”, onde a linha horizontal representa a variação de tempo e a vertical o volume de buscas por aquele termo.

É importante ressaltar que o gráfico não apresenta o volume absoluto de buscas realizadas, mas sim sua variação em um período de tempo. Assim, o máximo sempre será o número 100, indicando quando aquela pesquisa atinge o pico de interesse.

A palavra “trends” significa “tendência”, e é exatamente isso que é apresentado. Ao entender o que as pessoas estão pesquisando, é possível identificar seus interesses e as tendências de uma determinada região.

Como usar o Google Trends

Ao abrir a página inicial do Google Trends, são apresentados alguns destaques de temas que têm sido mais pesquisados. Logo no início da página está uma caixa de busca, onde o visitante pode digitar um termo ou assunto para criar o gráfico já mencionado, que mostra o interesse ao longo do tempo.

A partir daí, é possível visualizar diferentes versões desse gráfico, editando a localização de interesse, o período de tempo a ser considerado, a categoria ou o tipo de pesquisa a ser analisada (web, imagem, notícias, shopping ou vídeo).

Existe também a opção de adicionar um novo termo a essa análise e ver a comparação entre os dois tópicos no gráfico e em um mapa ilustrando o interesse por região. Além disso, são apresentadas listas de assunto relacionados e pesquisas relacionadas, que podem ficar dispostas considerando os termos principais ou os que estão em ascensão.

 

Outra forma de usar essa ferramenta, é observando as pesquisas em alta em determinada região, período de tempo ou categoria, sem definir uma palavra-chave específica de interesse.

Ainda, no final da rolagem da página inicial são apresentados relatórios com os assuntos mais pesquisados do ano, do mais atual até 2001. Por exemplo, confira o que estava em alta em 2020, ano que começou a pandemia.

googles trends pesquisa do ano

O Google Trends oferece, ainda, a possibilidade de receber atualizações via e-mail sobre eventos notáveis relacionados a uma palavra-chave ou um resumo das principais pesquisas de uma região. Para isso, basta acessar o menu da lateral esquerda da página, clicar em “inscrições” e preencher os campos solicitados.

Como aplicar no mercado de eventos ou conteúdos

O Google Trends é uma ferramenta de análise. O que será feito a partir dela deve ser muito bem pensado pelo produtor, a fim de usar todo o seu potencial.

Para ajudar a ter uma visão estratégica das funções oferecidas, confira algumas ideias:

Definição do tema

Não adianta de nada tentar vender um produto que as pessoas não tenham interesse, certo? Existem diversas possibilidades de temas para eventos ou cursos, e tomar a decisão certa nessa etapa é fundamental para o sucesso do produtor.

Exemplo: Uma pessoa que toca alguns instrumentos pode decidir criar um curso ensinando suas habilidades e vender o conteúdo no Sympla Play. Mas, esse produtor sabe tocar guitarra e violão, em qual ele deve investir? Uma pesquisa no Google Trends ajuda nessa decisão estratégica.

google trends escolha do tema

Nas imagens, é possível perceber o interesse maior por aulas de violão. Ainda, o gráfico aponta o pico de interesse, atingindo o número 100, no fim do mês de junho e início de janeiro. Pode ser que isso aconteça por essas datas representarem o início de um novo semestre, instigando as pessoas a terem novas experiências e metas. Mas, o fato é que: essas datas são uma boa oportunidade para o lançamento de um curso de violão!

Se, ainda assim, o produtor decidir seguir com a produção de um curso de guitarra, o mapa abaixo mostra em quais regiões ele terá maior chance de conquistar alunos, além de ideias de abordagem para seu curso.

google trends escolha do tema 2

Escolha do nome

A escolha do nome do evento ou curso influencia no seu alcance e no sucesso de divulgação e vendas.

Exemplo: Um produtor que irá produzir um evento para empresas, pode denomina-lo de diferentes formas. Como no exemplo anterior, vale analisar uma comparação de interesses.

google trends escolha do nome

Assim, por meio de dados é possível constatar que o termo “evento corporativo” é mais atrativo e seu pico de interesse acontece no início de dezembro.

A mesma lógica de comparação e análise pode ser usada para a seleção de atrações para o evento, sejam palestrantes ou artistas, no caso de eventos musicais.

Data

Os eventos e cursos são mais propensos ao sucesso quando acontecem e são divulgados considerando a sua sazonalidade. O interesse da população muda ao longo do ano, e o produtor precisa levar isso em consideração.

O Google Trends mostra como os interesses variam dentro do período de tempo definido pelo visitante, que apresenta opções como: na última hora, últimas quatro horas, ontem, últimos sete dias, 30 dias, 90 dias, 12 meses, 5 anos ou de 2004 até hoje.

Os casos citados anteriormente ilustram como essa ferramenta pode ajudar em decisões estratégicas relacionadas às datas de uma produção.

Estratégia de divulgação

A divulgação do evento ou curso pode ser mais estratégica e personalizada quando o produtor sabe onde concentrar seus esforços.

O Google Trends indica a região que demonstra maior interesse por determinado assunto, o que pode representar um nicho de mercado.

Ainda, na página inicial da ferramenta são apresentadas as pesquisas que estão em alta, que podem ser exploradas na comunicação da sua produção. É interessante criar ganchos com tópicos que estão na boca do povo, impulsionando o alcance do evento ou curso.

Comece a sua análise!

Esses são apenas alguns exemplos de como o Google Trends pode ser útil na estratégia do produtor de eventos ou conteúdos. Como vimos, essa é uma ferramenta poderosa, que pode gerar diversos insights importantes.

Aproveite para navegar pelas diferentes funcionalidades e experimentar o que ela pode oferecer! É possível reunir muitas informações, o produtor deve colocar seu pensamento analítico à prova e mergulhar em todas as possibilidades que o banco de dados do Google proporciona.

Depois de definir sua estratégia, você pode contar com a maior plataforma de eventos do Brasil para garantir praticidade na sua gestão e venda de ingressos. Na plataforma da Sympla, a análise continua, com relatórios em tempo real das suas vendas e muitas outras soluções!