Um evento criado para trocar experiências e fomentar ideias, que reúne especialistas com um único intuito: compartilhar conhecimento. Esse é o simpósio.

O simpósio é um tipo de evento acadêmico bastante praticado. É comum que ele seja confundido com mesas redondas e seminários, mas existem algumas diferenças marcantes entre eles que um produtor deve conhecer.

Neste artigo, entenda tudo o que precisa saber sobre esse encontro, inclusive, como organizar um! Continue lendo.

O que é simpósio?

Simpósios são um tipo de evento acadêmico que têm o objetivo de expor diferentes opiniões sobre um único tema. Para isso, são convidados vários especialistas e autoridades no assunto escolhido para que sejam apresentados seus diferentes pontos de vista. Mesmo assim, a discussão entre eles não é instigada.

A finalidade desse tipo de evento é promover um intercâmbio de informações como forma de enriquecer ideias para o desenvolvimento de pesquisas. A intenção é realmente promover uma troca de experiências. Por isso, inclusive, os ouvintes podem participar de forma ativa.

Apesar de ter esse significado hoje, a origem do termo é curiosa e bastante antiga. “Simpósio” é decorrente da Grécia Antiga, sendo usado, naquela época, para descrever noites de festas que, normalmente, terminavam em debates sobre temas corriqueiros — a famosa “conversa de boteco”.

Considerando seu significado atual, pode-se eleger como as suas principais características as seguintes:

  • promove diálogos;
  • tem uma curta duração (geralmente um dia);
  • é focado em um tema específico;
  • não possui a figura de um intermediário;
  • o objetivo é o avanço de pesquisas.

Para ficar ainda mais fácil de entender, pode ser interessante fazer a comparação entre outros tipos de eventos acadêmicos. Dessa forma, fica mais nítido para quê serve um simpósio e se essa é mesmo a melhor opção para o objetivo do produtor.

Diferenças entre simpósios e outros eventos científicos

É muito comum que os diferentes tipos de eventos corporativos e acadêmicos gerem dúvidas, especialmente sobre as diferenças entre simpósios e seminários. Entretanto, apesar de serem parecidos, existem algumas divergências marcantes:

  • seminário: existe um tema central, mas cada pesquisador ou apresentador pode tratar de um subtema. Aqui, há a figura de um orador;
  • congresso: serve para a apresentação de resultados de pesquisas;
  • palestras: têm curta duração e o objetivo central é apresentar uma nova informação sobre determinado assunto. Geralmente, são expositivas;
  • workshops: costumam ser mais práticos, ensinando a fazer algo;
  • mesa redonda: um tema é escolhido e especialistas se reúnem para o debate. Há um mediador e há discussão.

Com o conceito e diferenças em relação a outros tipos de encontros acadêmicos definidos, o produtor de eventos pode questionar quais são os motivos para realizar um evento assim. Portanto, confira a seguir!

Por que realizar um simpósio?

Realizar simpósios é uma excelente oportunidade de gerar engajamento direcionado a um determinado assunto. Ele tanto promove informação para a plateia, quanto fornece novas ideias para o pesquisador, funcionando quase como um brainstorming.

Por isso, se a intenção é promover troca de conhecimentos sobre um tema específico, vale a pena organizar um encontro nesse modelo. A seguir, veja como fazer isso.

Como organizar um simpósio em 6 passos

Antes de mais nada, é preciso pensar na estrutura que um evento desses requer. Em primeiro lugar, deve-se considerar a necessidade de especialistas no assunto escolhido para discursar, bem como entender a quem a discussão será direcionada.

Por isso, para não deixar passar nada, siga os passos abaixo:

1. Defina os objetivos

Na produção de qualquer evento, é importante ter em mente o porquê da sua realização. Com o simpósio, não é diferente. Estabelecer metas ajuda, inclusive, a constatar o sucesso do evento após a sua realização. Por isso, antes de colocar a mão na massa e fazer o planejamento, pense no que deseja alcançar com esse encontro.

2. Escolha o tema central

A definição do tema é uma das partes mais importantes do planejamento desse evento — senão a mais —, pois é ela que vai guiar todos os outros passos, desde o convite dos especialistas até as formas de divulgação.

Para escolher o tema adequado para o seu simpósio, vale pensar nas principais dores e problemas da sua persona e como ajudá-los.

3. Convide os especialistas

Após definir o tema, o organizador já pode começar a selecionar os especialistas e fazer os convites. É importante fazer essa chamada o quanto antes, a fim de reservar as agendas e garantir a presença deles.

4. Defina datas e local

Para definir as datas, é interessante verificar a disponibilidade dos especialistas e também dos participantes. Além disso, na escolha do local do evento, também deve ser considerada a facilidade de locomoção dos convidados e a capacidade do local.

5. Faça a divulgação

Quando tudo isso estiver definido, comece a divulgação do evento para garantir que o máximo de pessoas possível compareça. Fazer propaganda com antecedência garante que os público tenha mais tempo de se preparar para participar.

É importante ter em mente o tipo e tema do evento para planejar uma divulgação direcionada, atingindo o público certo.

#Dica Sympla: Descubra como divulgar um evento!

6. Promova a venda de ingressos online

Por fim, mas não menos importante, para incentivar a adesão do público-alvo, facilite a compra de ingressos, possibilitando a alternativa de compra online. Uma plataforma como a Sympla pode ajudar muito.

Venda ingressos online com a Sympla

A Sympla é a maior plataforma de compra e venda de ingressos online do Brasil. Garantimos toda a estrutura e segurança necessárias para os produtores e os consumidores.

Conheça as soluções da Sympla e saiba como começar a vender seus ingressos conosco!