Na hora de produzir um evento, várias preocupações passam pela cabeça de um produtor de primeira viagem: como reservar o local? E as atrações? Quem eu devo acionar para a segurança do meu evento? Como fazer o controle de entrada? Como fica a prestação de contas?

Entretanto, uma preocupação acaba se sobressaindo às demais: e se meu evento não vender o suficiente? Calma, a gente sabe que o monstro do “não virou” assola a vida de qualquer produtor. Por isso, separamos algumas dicas para dar aquele up nas suas vendas, independentemente do perfil do seu evento.

Vamos lá?

Antes de começar: planejamento é tudo

A princípio, nenhuma novidade. Porém, é preciso ter em mente que todo o planejamento de comunicação do seu evento, do briefing à divulgação, impacta no sucesso das suas vendas. Você já se fez as perguntas básicas que definem o perfil do seu evento?

  • Quem é seu público? Já montou sua persona? Se o termo não te parece familiar, vale a pena dar uma olhada neste texto sobre o planejamento de marketing do seu evento.
  • Onde seu público interage? Essa pergunta é muito importante para que você defina os seus canais de comunicação. Se seu evento for um curso ou workshop de um tema muito específico, talvez valha a pena procurar por grupos e comunidades no Facebook e LinkedIn que falem a respeito. Se for um tema mais amplo e seu evento atingir um maior número de pessoas, pode cogitar investimento em anúncios patrocinados. Já tem uma rede de interesse? Não hesite em usar canais mais diretos como e-mail e Whatsapp. O importante é ser visto pelas pessoas que você deseja e despertar o interesse na compra. Você pode ver mais detalhes sobre a melhor forma de divulgar o seu evento clicando aqui.

Divulgação e conversão são coisas bem diferentes

Tão importante quanto garantir que seu evento está sendo visto, é preciso se assegurar de que ele está sendo assertivo: a configuração do seu evento consegue estimular a transformação das visualizações em compras?

Para conseguir esse feito, é preciso encher os olhos dos seus visitantes, gerar expectativa sobre o evento e deixar claro o que ele pode esperar da sua produção.

Vale caprichar na comunicação visual, mostrando, por exemplo, fotos das atrações, sejam artistas ou palestrantes de renome, ou até mesmo despertar aquela água na boca num evento gastronômico ou cervejeiro. Se o seu evento for um curso ou workshop, deixe claro o conteúdo programático, o material que pode vir a estar incluso, que tipo de conteúdo ela pode esperar e como aquela qualificação alavanca a carreira do seu participante.

No caso de palestras, ressalte a importância do tema a ser apresentado ou debatido, avise se for ter coffee-break ou área para networking e aproveite para mostrar porque seu evento é relevante. Você pode, inclusive, oferecer certificados de qualificação e presença. Se o seu evento inclui serviços adicionais, como transfer, alimentação e hospedagem, seja claro na comunicação e reforce o conforto que você proporciona ao participante.

Outra dica é colocar as informações mais relevantes sempre em destaque e facilitar a vida do seu comprador com, por exemplo, um rápido espaço de “dúvidas frequentes” para sanar qualquer titubeio no momento da compra. Deixe clara também a sua política de reembolso.

Ao pensar na identidade visual e na comunicação do seu evento, organize as informações por tópicos, faça bom uso de fontes e cores. Se você não tiver profissionais especializados em comunicação visual à disposição, lembre-se da máxima de que menos é mais e o mais importante é ter clareza da informação. O vasto universo da internet oferece ferramentas gratuitas de construção de banners e imagens, aproveite!

Busque referências que te agradem visualmente, analise a comunicação de eventos-exemplo no seu segmento e lembre-se de que o seu participante precisa entender do que o evento se trata. Lembre-se de utilizar linguagem adequada ao seu público!

Comunicação está alinhada e as vendas abertas. E agora?

Você já fez tudo que sugerimos e as vendas do seu evento já estão abertas? Aqui vão algumas dicas práticas do que você pode fazer agora:

  • Crie senso de urgência

Por quê comprar seu ingresso ou inscrição agora e não na semana que vem? Ou no dia do evento? Para estimular as vendas antecipadas, é preciso criar mecanismos que incentivem a compra. Por exemplo: adotar a estratégia de virada de lotes é uma forma de beneficiar financeiramente quem se antecipa e se planeja para o seu evento.

Além disso, também é interessante oferecer benefícios exclusivos para a compra antecipada. Quem sabe um Meet&Greet? Ou a participação num sorteio? Ou brindes relacionados ao evento? Ou quem sabe fazer parte de uma rede ou grupo com acesso a um conteúdo diferenciado?

  • Proporcione uma melhor experiência

Ninguém merece se programar para participar da sua produção e enfrentar filas na hora da entrada, não é? Estruture entradas separadas para quem comprou online antecipadamente e não se esqueça de cobrar um valor diferenciado (e, consequentemente, mais alto) para quem deixar para a última hora.

  • Mostre sua causa

Engajamento vende. Se você acredita ou apoia alguma causa social ou instituição e acha que faz sentido se associar a ela durante seu evento, faça isso. Você pode estimular as vendas pelo próprio apelo a uma campanha. Exemplo: uma corrida para a conscientização sobre vacinação, um jantar beneficente, uma palestra sobre direitos humanos que apoia uma ONG. No que você acredita? Claro, não se esqueça de efetivamente oferecer contrapartidas para a causa apoiada!

  • Use contatos a seu favor

Sabe aquele amigo que só vai porque fulano foi? Sabe de alguma figurinha carimbada que sempre atrai pessoas? Por quê não oferecer algum benefício, desconto ou fazer dela um promoter do seu evento? Você pode oferecer benefícios que vão desde a cortesia individual ou estabelecer uma meta de vendas com ganhos financeiros. Você ainda pode oferecer combos e inscrições promocionais para duplas, trios ou grupos.

#DicaSympla: saiba como os grandes festivais têm usado os influenciadores digitais em seu marketing para vender mais neste artigo :)

  • Fidelize seus clientes

Pretende fazer uma próxima edição? Ofereça ingressos exclusivos e diferenciado para os participantes, os famosos early birds, por exemplo. Assim você já garante quórum para a sua próxima edição assim que o evento atual finalizar!

#DicaSympla: com a Sympla, você consegue enviar um e-mail para os participantes dos seus eventos passados através da ferramenta de e-mail marketing. Saiba mais!

  • Regra de ouro: mensure tudo!

Como saber se suas ações estão sendo efetivas? Se aquele promoter está divulgando o link? Se a sua página está tendo visitas? De onde está vindo seu público?

Apenas medindo o impacto e o resultado de cada iniciativa, você saberá como aperfeiçoar suas próximas ações. Se você não tem ferramentas sofisticadas ou ainda não está familiarizado com o Google Analytcs, um formulário de inscrição inteligente e objetivo pode ser um poderoso aliado para saber onde a conversão está dando certo!

E aí, gostou das dicas? Compartilhe esse artigo em suas redes sociais :)