Não importa se é verão ou inverno, a pausa no período letivo leva muitos pais a procurarem atividades para entreter seus filhos. É nesse cenário, que o produtor de eventos pode se beneficiar, oferecendo a colônia de férias como uma opção de lazer para os pequenos e suas famílias.

O sucesso dessa produção depende de uma série de fatores, e o espaço físico é apenas um deles! Programação, segurança e localização são outras questões que devem ser observadas pelos organizadores.

Quer saber mais? Continue a leitura e veja quatro dicas valiosas para produzir eventos neste formato.

O que é e como funciona uma colônia de férias

Ao pensar em uma colônia de férias, é provável que a imagem de crianças se divertindo surja venha à mente.

Afinal, é exatamente com essa intenção que essas atividades são organizadas: oferecer aos pequenos e jovens uma programação de atividades lúdicas, que colaborem para desenvolver habilidades como a socialização, criatividade, etc.

Normalmente, esses eventos têm duração de uma semana, contam com grupos de jovens agrupados de acordo com a faixa etária e funcionam oferecendo programas como:

  • jogos esportivos;
  • aulas de dança, pintura e teatro;
  • passeios em meio à natureza;
  • visita em exposições;
  • ida a espetáculos teatrais e cinema;
  • entre outros.

Elas também podem acontecer em diferentes formatos, no turno integral ou parcial.

4 dicas para produzir uma colônia de férias

Como produtor, explorar a organização de eventos durante o recesso escolar pode gerar bons resultados. Afinal, nesse período, os pequenos têm mais tempo livre, e os pais precisam de atividades de lazer para divertir seus filhos.

Por isso, é preciso considerar alguns pontos importantes. Confira abaixo algumas dicas valiosas para produzir uma colônia de férias.

Invista na programação

Não há como negar: a programação é o ponto central de uma colônia. Por essa razão, é fundamental que ela seja variada e traga atrações diferenciadas.

Em uma semana de programação, é possível encaixar diversas atividades. Como:

  • passeios ao ar livre;
  • piqueniques;
  • espetáculos teatrais;
  • cinema, karaokês;
  • atividades manuais;
  • etc.

Busque uma localização de qualidade

Para que esse tipo de programação seja um sucesso, é preciso que o produtor escolha o local ideal para realizar o evento. O espaço escolhido deve ser fácil de encontrar, em uma região segura e, de preferência, na cidade ou próximo dela, assim será possível sair para participar de outros programas que envolvam deslocamento.

Leve em consideração, também, a acessibilidade do local.

O ambiente também deve comportar a realização de algumas atividades, como:

  • brincadeiras com jogos de tabuleiro;
  • pega-pega;
  • esconde-esconde;
  • e outras que envolvam o desenvolvimento cognitivo da criança como a pintura e o uso de massinha de modelar.

O organizador deve ter em mente que a rotina das famílias é corrida e que levar e buscar os pequenos não deve ser um impeditivo para participar da programação. Em alguns casos, vale até considerar a viabilização de opções de transporte para as famílias.

Busque parcerias

Se a intenção é propor diversas atividades interessantes para os pequenos durante a colônia de férias, nada melhor do que contar com diversas parcerias. Além de ajudar a divulgar seu evento, elas podem contribuir ainda para o aumento da margem de lucro.

Isso porque, ao oferecer combos ou comprar diversos ingressos para um espetáculo, o produtor pode diminuir custos.

Mapeie riscos e transmita segurança

Realizar um evento voltado para o público infantil pode gerar alguns joelhos ralados. Assim, é preciso encontrar formas de mostrar para os responsáveis pela criançada que a colônia de férias está preparada para realizar os primeiros socorros necessários.

Aqui, vale contar com:

  • uma assistência médica de qualidade;
  • treinamento de primeiros socorros para os colaboradores;
  • planos de ação para o deslocamento para outros espaços;
  • etc.

É fundamental considerar também se o local em que serão realizadas as atividades possui escadarias ou janelas ao alcance das crianças, ou mesmo fiação exposta.

Além disso, é importante criar formas de aproximar os pais da rotina dos pequenos e deixá-los mais tranquilos. Uma maneira de fazer isso, por exemplo, é criar um grupo em redes sociais para compartilhar imagens e vídeos das atividades realizadas.

Com a Sympla, fica muito mais fácil produzir uma colônia de férias!

Ao conhecer essas dicas valiosas para produzir colônia de férias, é certo que inúmeras ideias interessantes já começaram a surgir.

Seja promovendo atividades de lazer em família ou levando os pequenos para conhecer projetos culturais e visitar espetáculos teatrais, essa programação irá encantar as famílias e seus filhos, que voltarão para casa cheios de descobertas e novas habilidades..

Para que o processo de estruturação desse evento seja o mais leve possível, a Sympla está aqui para ajudar o produtor. A plataforma oferece segurança e praticidade para todas as fases do projeto e dá ao organizador mais tranquilidade para:

  • fazer a gestão completa da produção;
  • o acompanhamento das vendas de ingressos,;
  • verificar dados demográficos;
  • e outras informações.

Por isso, descubra boas práticas para usar a Sympla, potencialize seu uso e crie um evento de sucesso!