O setor de entretenimento vem se recuperando da crise causada pela pandemia de Covid-19, e um dos desafios enfrentados pelos produtores é conseguir atrair público para comprar os ingressos. Pensando em alcançar mais pessoas e aumentar as vendas, uma boa estratégia é apostar na campanha da Black Friday em eventos.

Esta é uma ação que demanda planejamento e atenção do produtor de eventos. Conhecer o público, o mercado e os gastos relacionados à produção é fundamental para definir a participação na campanha.

É importante estar preparado para aproveitar todas as vantagens da Black Friday (que são muitas!). Por isso, neste post vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o tema. Vamos lá?

O que significa Black Friday

Este é um feriado originado nos Estados Unidos, que acontece na última sexta-feira do mês de novembro. A data é posterior ao Dia de Ação de Graças e marca o início das compras de Natal. Com isso, este dia passou a ser conhecido pelos descontos oferecidos no comércio em geral.

No Brasil, o conceito da Black Friday chegou no início dos anos 2000 e se popularizou ao longo do tempo. Hoje, é uma data comercial muito relevante em vários setores da economia. Nesse período, os clientes ficam mais engajados e o lucro tende a aumentar devido à quantidade das vendas.

A Black Friday no setor de eventos

Segundo dados do Google Trends, o volume de buscas no Google com o termo “Black Friday”, ou seja, o interesse da população no assunto, começa a subir no início de novembro e só se extingue na primeira semana de dezembro. Para aproveitar ao máximo o momento, alguns produtores de eventos decidem estender o tempo da campanha, que pode durar o mês todo: a chamada Black November.

Portanto, a Black November é uma versão estendida da Black Friday e é uma forma de conquistar mais participantes para diferentes eventos, sendo possível extrapolar a data e não se limitar a apenas um dia. 

A Black November já se popularizou no varejo e é aguardada por milhões de consumidores. Devido ao apelo da data, muitas pessoas ficam mais propensas ao consumo nessa época, e a campanha vem ganhando mais força a cada ano. Em 2020, as vendas do e-commerce durante a ação foram 27,7% maiores do que no ano anterior, de acordo com a consultoria Neotrust/Compre&Confie, que monitora o comércio eletrônico.

Essa tendência de consumo se estende ao mercado de entretenimento. Sendo assim, o produtor pode aproveitar o aquecimento das vendas eletrônicas para impulsionar os acessos à página do evento. Para isso, é necessário contar com uma plataforma de venda de ingressos online, como a Sympla.

Portanto, uma das principais vantagens para o produtor de eventos é o aumento das vendas. Considerando a tendência de comportamento de consumo, oferecer descontos nessa época do ano passa a ser uma grande oportunidade. Além de atrair um novo público, essa é uma forma de influenciar quem está indeciso sobre a compra.

Cobrar menos pelo ingresso pode até deixar alguns produtores inseguros, com receio da mudança afetar negativamente o faturamento. Mas é válido lembrar que, quando planejado corretamente, o desconto com uma duração determinada atrai um maior número de pessoas, em um menor período de tempo. Assim, o retorno financeiro torna-se interessante devido ao volume das vendas. E nenhum produtor de eventos deseja ver os ingressos parados no site, não é mesmo?

Outra vantagem de aderir à Black Friday é o fortalecimento da relação com o público. Participando dessa promoção, o produtor estreita os laços com os potenciais participantes ao oferecer vantagem na compra de ingressos. Ainda, essa é uma maneira de alcançar pessoas que até então não te conheciam como produtor.

Segundo pesquisa divulgada no portal Think with Google, 78% das pessoas voltam a comprar no mesmo lugar após experimentar a primeira compra durante a Black Friday.

Em muitos casos, é interessante experimentar e observar como seu público reage à campanha. Os aprendizados sobre as ações promocionais podem ser muito valiosos para determinar seus próximos passos como produtor de eventos. O importante é não ter medo de inovar e surfar essa onda!

Black Friday: 4 estratégias para impulsionar suas vendas

Dicas de como usar a Black Friday em eventos

Lembre-se que a Black Friday (ou Black November) exige planejamento e estratégia. Portanto, é necessário estar atento a alguns tópicos muito importantes. Para ajudar, separamos dicas essenciais para ter sucesso nesta ação. Confira!

1. Planeje a Black Friday

O primeiro passo para ter sucesso na Black Friday em eventos é o planejamento. Antes de colocar a campanha no ar é importante definir o seu objetivo, quais ações serão necessárias para alcançá-lo e o prazo para que tudo aconteça. Tente destrinchar ao máximo cada um desses pontos. Por exemplo:

  • O objetivo deve ser específico, mensurável e atingível. Poderia ser algo como: vender 90% de todos os ingressos;

  • As ações necessárias incluem a promoção ofertada e os meios de comunicação envolvidos no processo. Esse tópico representa o que deve ser feito para atingir o objetivo;

  • O prazo deve determinar a data para cada ação e em quanto tempo o objetivo deve ser alcançado, que tem como limite o final de novembro.

Essas definições devem considerar seu público-alvo e o que ele deseja. De nada adianta oferecer algo que não gera interesse e engajamento das pessoas que você deseja atrair. 

2. Defina a oferta da campanha

A Black Friday é caracterizada por ofertas muito competitivas. Para se destacar, o desconto deve ser expressivo. É importante chamar a atenção do público, mas nunca ultrapassando seu próprio limite.

Entenda quais são os gastos envolvidos no evento e sua margem de lucro para definir quais vantagens são possíveis oferecer e ainda ter um negócio saudável. Observar os preços praticados na concorrência também pode ajudar.

De qualquer forma, é essencial oferecer benefícios reais aos clientes. Nunca tente aproveitar de vantagens indevidas, por exemplo, oferecendo o ingresso pela “metade do dobro”. Alguns empreendedores tendem a aumentar o preço dos produtos um pouco antes de novembro para depois oferecer o seu preço normal como uma oferta. Essa prática é muito mal vista pelo público, que já está atento a essas pegadinhas.

Portanto, pode ser interessante criar na página do evento um novo tipo de ingresso, sem alterar os que já estavam disponíveis antes da campanha. É possível definir um nome para o novo ingresso e até mesmo uma observação, deixando claro que é um ingresso de Black November e suas condições. Na plataforma da Sympla esse tipo de ação pode ser feita de forma muito simples na área do produtor. :)

3. Divulgue massivamente

Com todo planejamento feito e a oferta definida, é hora de divulgar a campanha de Black Friday. Em todas as comunicações é importante deixar muito clara a oferta e “falar a mesma língua” que o público de interesse. Considere seu tom de voz e identidade para escrever os textos e produzir imagens de divulgação.

É importante explorar os variados canais, como e-mail, WhatsApp e as diferentes redes sociais. Mas, o principal ponto sobre isso é estar presente onde seu público está. Afinal, não vale a pena investir apenas no Facebook se as pessoas que se interessam pelo seu evento usam prioritariamente o Instagram, por exemplo.

Outra estratégia que pode ser explorada para aproveitar ao máximo esse período é começar a divulgação o quanto antes. Antecipar a divulgação gera expectativa no público e pode aumentar o engajamento, que é refletido nas vendas.

Segundo um estudo do Google, muitas pessoas começam a pesquisar promoções de Black Friday meses antes da data oficial.

4. Analise os resultados

Com a campanha acontecendo, é fundamental que o produtor do evento fique atento às vendas e observe se, mantendo aquele resultado e ritmo, o objetivo será ou não alcançado. Se necessário, é possível ter uma “carta na manga” e oferecer uma vantagem ainda mais competitiva no final do mês, por exemplo.

É primordial documentar tudo e analisar ao final da campanha quais foram os aprendizados e o retorno obtido. Muitas vezes a recompensa não é apenas financeira. Lembre-se que a Black Friday pode influenciar no relacionamento e fidelização do cliente, reconhecimento e alcance de marca, e todos esses pontos devem ser considerados na análise.

Para ter uma visão analítica e estratégica do evento é interessante ter acesso a um dashboard que reúna todas as informações importantes. Além disso, é possível integrar a página do evento a algumas ferramentas, como o Google Analytics e RD Station, que fornecem dados e funcionalidades muito ricos. Pode até parecer complicado, mas na Sympla é possível fazer tudo isso. E, claro, aqui é simples!

Que tal entender o que mais nossa plataforma pode fazer por você? Coloque seu evento no ar com a Sympla e aproveite todas as vantagens da Black Friday em eventos!