Quais são os tipos de patrocínio?

Quais são os tipos de patrocínio?

Em um outro post  falamos sobre como vender patrocínio para eventos. Ficou claro que a parceria de patrocinado e patrocinador, quando existe o interesse de ambas as partes, se concretiza após os últimos ajustes burocráticos, dentre eles qual o tipo de patrocínio que será exercido de fato. Surgiu então o assunto do blog de hoje. Quais são os tipos de patrocínio que podem ser realizados em um evento? São três tipos majoritários. Vamos a eles:

O primeiro é o patrocínio institucional. É aquele estabelecido quando a empresa patrocinadora procura promover a imagem da marca, se associando a eventos ou causas. O principal objetivo neste tipo de patrocínio é que a marca se destaque e se torne reconhecida dando visibilidade para seu posicionamento.

Existe também o patrocínio promocional. As empresas que oferecem este tipo de patrocínio são aquelas que, mais do que promover a imagem da marca, procuram dar visibilidade aos seus produtos e serviços, gerando resultados comerciais. Neste caso, o principal objetivo torna-se primordialmente o ganho financeiro com consequente aumento de vendas.

O terceiro tipo é o chamado patrocínio híbrido ou misto. Neste caso, a empresa patrocinadora procura tanto aumentar a visibilidade de sua marca chamando a atenção para seu posicionamento quanto aumentar as vendas dos seus produtos.

#DicaSympla: Atualmente, o patrocínio híbrido ou misto tem sido o tipo ideal para a maioria das empresas patrocinadoras justamente por unir dois pontos primordiais: visibilidade de marca e lucro.

Uma vez definido o patrocínio que se quer oferecer, surge a questão de como fazê-lo. Existem algumas nomenclaturas gerais para as chamadas chancelas de patrocínio que são, nada mais nada menos, que as formas de exercício do contrato de patrocínio. Vamos lá:

Direito de nomenclatura (Naming Rights):

A empresa adquire o direito de colocar, como nome do seu evento ou estabelecimento, o nome da empresa patrocinadora. Existem vantagens para ambos os lados. No caso da empresa patrocinada, ela recebe a verba e ainda leva o nome de uma grande marca. Para a patrocinadora, a vantagem é de associar o seu nome a um local ou evento de grande visibilidade pública.

Patrocinador (Sponsor):

É o patrocinador exclusivo de um evento. Ele adquire toda a cota de patrocínio que foi disponibilizada – justamente para aparecer sozinho. Desta forma, toda a visibilidade que o evento gerar promoverá apenas a marca dele, e não a dele e outras várias.

Co-patrocinador (Co-Sponsor):

Neste caso são disponibilizadas diferentes cotas  para que investimentos de menor valor possam ser realizados. Muitas vezes, encontrar um único patrocinador para arcar com todo o custo é muito difícil – por isso são divididas as cotas.

Patrocínio de mídia ou apoio de mídia (Media Sponsor):

Este patrocínio é aquele realizado pelas empresas de mídia. Estas empresas podem ser da televisão, rádio, blogs ou associações.

Support:

As pessoas que buscam uma ajuda para a realização de seu evento podem ainda buscar o que chamamos de apoio ou support. As empresas apoiadoras podem ajudar doando brindes para serem distribuídos, emprestando equipamentos, disponibilizando o espaço para a realização do evento, fornecendo gratuitamente produtos para venda ou até ofertando o transporte e a hospedagem de convidados especiais. Estas empresas ganham certa visibilidade com a divulgação de sua imagem através destas ações.

Estes são os tipos de patrocínio que podem ser realizados. Quando o contrato dá certo, o sucesso de imagem para ambos os lados é garantido e a parceria provavelmente se estenderá em outras ocasiões!

banner-bottom

TOPO
Gostou do blog?
Gostaria de receber as melhores práticas sobre produzir eventos em seu email? 

×