Já imaginou um bloco de carnaval inspirado no camaleão do rock? O Bloco Bumba Meu Bowie não só pensou, mas colocou essa ideia nas ruas de Pernambuco! Confira a entrevista que fizemos com a Claudia Aires, produtora cultural, que desde o primeiro ano participa e organiza o bloco.

Claudia Aires – produtora cultural do Bloco Bumba Meu Bowie

1. Quem são os fundadores e como surgiu a ideia do Bloco Bumba Meu Bowie?

Júlio e Cecília tiveram essa ideia há uns dez anos, conversando sobre fantasias de carnaval. Seria um grupo de fantasiados e cada amigo se fantasiaria de David Bowie em uma fase-personagem diferente… mas aí chegou o carnaval e só Cecília se fantasiou. Nessa época já começamos a usar o nome “Bumba Meu Bowie”, que também era uma brincadeira com “Bumba-Meu-Ovo”, um pequeno bloco de amigos que apareceu há uns 15 anos e depois sumiu. Quando Bowie morreu, Cecília fez uma postagem no Facebook resgatando a ideia e instigando os amigos para fazerem um bloco. Aí fizemos! Júlio, Cecília, Flávia e Sílvia organizaram o primeiro ano com ajuda também de Marcela e Mayra. Silvia fez o design da primeira camisa. No carnaval de Olinda, na primeira saída do bloco, eu apareci no meio muito empolgada, tirei fotos e ajudei a galera, aí me chamaram pra fazer parte da organização também.

2. Em poucas palavras, qual é a proposta de vocês?

Nossa proposta é, acima de tudo, carnavalesca. O Bumba Meu Bowie é uma troça que estimula as pessoas a se fantasiarem e a usarem purpurina e maquiagem. É uma forma de valorizar e tentar renovar esse lado massa do carnaval de Olinda, que é essa coisa das fantasias, e ainda fazendo referência a esse universo cultural de Bowie, que a gente curte muito.

3. Qual a estratégia para cativar e conseguir a adesão do público a cada festa ou desfile?

Não tem uma estratégia formal. A gente joga no ar as coisas que nos empolgam e deixamos o público se identificar ou não. Nas festas, tentamos estimular algum tipo de criatividade. Em nossa primeira festa, fizemos um “open bar de glitter”. Também procuramos trazer para as festas atrações que sejam novidade na cultura de Olinda e Recife, como Lee Pesaka, DJ misterioso que tocou mascarado, e o dançarino Edson Vogue que fez uma performance incrível na prévia deste ano ao som de músicas de Bowie.

4. Há alguma história interessante para nos contar sobre a trajetória do Bumba Meu Bowie?

Na nossa primeira festa não contávamos que fosse ter tanta gente. Os ingressos esgotaram um dia antes da festa e anunciamos que às 22h iríamos colocar mais 50 ingressos à venda. Às 21h já tinha gente na fila e os ingressos esgotaram em menos de 10 minutos. Pelo conforto dos que compraram antecipadamente, não pudemos ultrapassar o limite que estabelecemos e ficou muita gente do lado de fora, esperando alguém sair pra poder entrar. Tinham umas 150 pessoas na frente do Xinxin querendo entrar na festa sem poder. Por isso decidimos, ano passado, fazer outra prévia, que foi sucesso!

5. Como a Sympla ajuda o Bumba Meu Bowie e o que esperam da nossa parceria para 2018?​

A Sympla foi parceira desde a primeira festa. Se não fosse essa parceria, talvez a festa não teria lotado como lotou, graças aos ingressos vendidos antecipadamente. Além disso, o pessoal da Sympla nos ajudou muito na bilheteria, na leitura dos ingressos. Ajudou muito a agilizar entrada. Enfim, foram super parceiros desde sempre. E esperamos que continuem por muito tempo.


Com diversos métodos de pagamento disponíveis, o bloco Bumba Meu Bowie potencializou suas vendas ao publicar seus ingressos para serem vendidos antecipadamente e de forma online na Sympla. Com um sistema de pagamento simples e seguro, eles garantem tranquilidade e confiança para seus participantes adquirirem ingressos antecipados para suas festas.

 

Com o aplicativo Sympla Organizador, a produção do bloco Bumba Meu Bowie consegue ter o controle de seus eventos de onde estiver, acompanhar o desempenho das vendas de cada evento que produz, designar diferentes níveis de acesso para cada colaborador, realizar o check-in dos participantes quando eles chegam aos eventos, ter controle completo dos acessos e muito mais!