5 passos para realizar um crowdfunding para eventos

5 passos para realizar um crowdfunding para eventos

Você é produtor, tem um projeto super bacana para rodar na cidade, não conseguiu o dinheiro para o orçamento planejado e tá complicado de conseguir patrocínio do jeito tradicional? Não fique preocupado : hoje eu vou ensinar 5 passos para realizar um financiamento coletivo para que seu evento saia do papel :)

O termo Crowdfunding se popularizou nos últimos anos e consiste em um sistema de financiamento colaborativo que abrange diversos segmentos de projetos. O termo significa “financiamento de multidão” e funciona através de contribuições de valores pequenos feitas por um conjunto de investidores interessados em ver o resultado final da proposta. Ou seja: os possíveis participantes do seu evento é que vão colocar a mão no bolso na massa para que ele ocorra!

O financiamento colaborativo pode ajudar (e muito!) a realização do seu evento. Afinal, para alcançar o sucesso desejado, ele precisa contar com local adequado, bebidas e alimentos, atrações e infraestrutura – e conseguir tudo isso pode envolver uma grande quantia de dinheiro, dependendo do tamanho do evento que você estiver organizando.

1- Criando o Projeto

Para realizar um financiamento coletivo para seu evento, é recomendável saber se o público estará interessado na proposta. Se a atração principal envolve a escolha do artista, descubra se já houveram apresentações do mesmo na cidade e se elas foram bem recebidas. Também procure por fã-clubes locais – provavelmente, eles serão os primeiros a abraçar o projeto investindo e espalhando a notícia por aí.

Após a definição da ideia central do evento, faça todo o planejamento estratégico do mesmo – o que será necessário para realizar o evento, o orçamento, o período de execução das etapas, o local, a data, etc. Quanto mais informações você tiver, mais credibilidade seu financiamento coletivo terá.

#DicaSympla: O valor necessário para o evento acontecer é fundamental para o crowdfunding pois se torna o “objetivo” do projeto. Se quiser ler mais sobre como planejar seu orçamento, clique aqui: http://blog.sympla.com.br/como-fazer-o-orcamento-do-seu-evento-e-qual-a-sua-importancia/ .

2- Escolhendo a plataforma

Já sabe os detalhes do evento que você quer produzir? O próximo passo é escolher em que plataforma você irá divulgar seu projeto! Escolha um site especializado em crowdfunding – eles oferecem um sistema de proteção àqueles que irão investir no seu evento e assim, um ambiente tranquilo para que todos se sintam seguros para ajudar. O modelo de negócio é muito democrático, podendo ser utilizado por pessoas que já possuem um capital para investimento no projeto ou por quem não tem recurso algum.

Ao publicar sua proposta, informe o máximo possível de detalhes sobre o projeto (local, atrações, data prevista, etc) e seja realista com o valor a ser arrecadado para que o evento saia do papel. Para os investidores que realmente querem ir ao evento, saber o valor necessário para que ele ocorra estimula mais doações  – e mostra como é caro produzir um evento!

A gente reuniu as principais plataformas de Crowdfunding para você conhecer um pouco mais e, quem sabe, já publicar o seu projeto:

Queremos!http://queremos.com.br

A plataforma é voltada para eventos de entretenimento e já ajudou a financiar mais de 80 shows, todos com o financiamento coletivo de fãs.

A maioria dos projetos é fruto da vontade de pessoas que desejam assistir determinada banda ou artista, mas produtores e artistas também podem lançar seus projetos.

Kickstarterhttps://kickstarter.com

A plataforma é americana e é uma das principais referências em crowdfunding, com mais de 380 mil pessoas com sucesso em seus projetos.

Catarsehttp://catarse.me/pt/

Foi a primeira plataforma do Brasil a utilizar o crowfunding. Você pode divulgar qualquer tipo de projeto nela e ainda receber dicas para aumentar a chance de sucesso!

Kickantehttp://kickante.com.br

A Kickante surgiu motivada por projetos que envolvessem cultura, causas sociais e empreendedorismo e conta com diversos projetos em sua plataforma.

Mobilizehttp://mobilizefb.com

A plataforma utiliza o próprio Facebook para divulgar os projetos de crowdfunding, através de um aplicativo que permite compartilhar, comentar e divulgar seu projeto.

 3-  Divulgando o projeto

Como o evento baseado no crowdfunding precisa de doações para ocorrer, uma boa divulgação é fundamental. Elabore estratégias de comunicação e lance campanhas voltadas para as redes sociais, blogs e e-mail. Afinal, quanto mais impacto seu evento causar na rede, mais investidores irão surgir e seu evento estará mais próximo de ocorrer :)

Algumas plataformas de crowdfunding do Brasil funcionam assim: se seu evento conseguir atingir a meta, a plataforma usada fica com uma comissão pequena do valor total arrecadado (vale considerar essa taxa na hora de planejar o orçamento!). Se não conseguir, você não terá custos com o financiamento que não deu certo: não é necessário pagar nenhuma taxa para colocar a proposta no ar e seus investidores recebem o dinheiro de volta se houver o cancelamento do projeto. Qualquer que seja a plataforma escolhida, fique atento às regras de uso e pagamento de cada um delas :)

Ah! Na hora de divulgar, não se esqueça de direcionar os usuários à plataforma de crowdfunding escolhida e ressaltar quais serão as recompensas pelos investimentos caso seu objetivo seja atingido.

4- Recompensas para investidores

Pense na situação: um possível investidor entra na página do seu evento e gosta da ideia, até iria se o evento ocorresse. Mas por que ele deveria te ajudar? Essa é a parte mais legal do crowdfunding: todos saem ganhando!

Assim como investidores de empresas recebem retorno financeiro, os investidores de crowdfunding podem receber recompensas de acordo com o valor investido. E você tem uma inifinidade de opções para oferecer a quem te ajudar, olha só:

Eventos esportivos: squeeze, viseira, mochila tipo sacola, kit esportivo com todos os itens anteriores, ingresso para a inscrição, um agradecimento público durante o evento, uma camisa para praticar esportes, a divulgação da marca do investidor durante o evento, etc.

Eventos corporativos: encontro com o(s) palestrante(s),  kits de escritório, divulgação da marca do investidor, cadernos com post-its, netbook, ingresso para a inscrição, etc.

Eventos de entretenimento: stack-cups do evento, camisas da atração escolhida, CDs ou DVDs dos artistas, acesso à áreas VIP, ingressos para o evento, meet & greet com os artistas, camarote com open bar & food, etc.

Lembre-se de proporcionar uma experiência especial para os investidores e manter a transparência na organização: se você atingir sua meta, direcione todo o valor para a realização do projeto e mantenha os investidores informados de qualquer imprevisto (como cancelamento de algum artista, problemas com o alvará, etc). Dessa forma, você evita problemas legais e até mesmo o cancelamento do crowdfunding.

5- Inovação e sustentabilidade no longo prazo

Normalmente, a ideia de realizar crowdfunding funciona muito bem para iniciativas inovadoras – seja para atrações inusitadas ou para formatos diferentes.

Realizar duas ou mais campanhas similares costumam não funcionar (ou funcionar cada vez menos). Sendo assim, pense no financiamento coletivo como uma pré-venda: você produz um evento que é cancelado em caso de não cumprir a meta. Após o público se mostrar receptivo à determinado projeto, a venda online passa a ser mais eficiente pois bastará a entrega do ingresso em troca do pagamento.

#DicaSympla: Quer saber mais sobre venda online? A gente produziu um e-book gratuito sobre esse assunto pra você. Para fazer o download, basta clicar aqui: http://downloads.sympla.com.br/10-motivos-para-vender-os-ingressos-ou-inscricoes-do-seu-evento-pela-internet

 

 

banner-bottom

  • Ótimo post, Cecília!

    E obrigado por citar o Catarse. :)

    Já ajudamos dezenas de eventos a saírem do papel e esse movimento só tem crescido no Brasil. É muito importante plataformas como o Sympla ajudarem na popularização do crowdfunding. o/

    • Cecília Cury

      Obrigado, Diego o/

      Tenho certeza que todos nossos leitores podem contar com a Catarse para tirar seus sonhos do papel :)

TOPO
Gostou do blog?
Gostaria de receber as melhores práticas sobre produzir eventos em seu email? 

×